Breastfeeding exclusively and iron deficiency anemia during the first 6 months of age

Breastfeeding exclusively and iron deficiency anemia during the first 6 months of age

Título alternativo Aleitamento materno exclusivo e anemia ferropriva nos seis primeiros meses de vida.
Autor Marques, Rosa Fátima da Silva Vieira Autor UNIFESP Google Scholar
Taddei, Jose Augusto de Aguiar Carrazedo Autor UNIFESP Google Scholar
Lopez, Fábio Ancona Autor UNIFESP Google Scholar
Braga, Josefina Aparecida Pellegrini Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição State University of Pará Department of Integral Health Professor
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Objective The objective was to determine the prevalence of iron deficiency and iron deficiency anemia among exclusively breastfed infants from one to six months of life and to identify associated risk factors. Methods This is a cohort study of the hemoglobin and serum ferritin levels of 102 healthy full-term infants, weighing more than 2500 grams (5.5 pounds) at birth, evaluated for growth development and supported to promote exclusive breastfeeding. Hemoglobin and ferritin levels were measured in the first, fourth, and sixth months of life. The hemoglobin and ferritin levels of the mothers were also measured in the first month postpartum. Results At four months, 5.7% presented iron deficiency and 3.4% had iron deficiency anemia. At six months, the percentage of children with iron deficiency increased more than four times, reaching 26.1%, while iron deficiency anemia was present in 23.9% of the infants studied. Iron deficiency at six months of age was significantly correlated to growth velocity. Conclusion According to the results of this study, exclusive breastfeeding protects infants from iron deficiency and iron deficiency anemia for the first four months of life. After this age, in accordance with the literature, the findings of this study demonstrated an increase in anemia and iron deficiency rates, adding to evidence that supports the monitoring of iron levels in exclusively breastfed children presenting higher weight gains beginning at four months of age.

Objetivo Determinar a prevalência da deficiência de ferro e anemia ferropriva em crianças, de um aos seis meses de vida, alimentadas exclusivamente ao seio materno e identificar os fatores de risco associados. Métodos Estudo de coorte dos valores de hemoglobina e ferritina sérica de 102 lactentes a termo, saudáveis, nascidos com peso maior que 2500 g, acompanhados quanto ao crescimento e desenvolvimento e com apoio à promoção do aleitamento materno exclusivo. Hemoglobina e ferritina sérica foram dosadas no primeiro, quarto e sexto mês de vida. Hemoglobina e ferritina sérica também foram dosadas nas mães no primeiro mês pós-parto. Resultados Aos quatro meses, 5,7% dos lactentes apresentaram deficiência de ferro e 3,4%, anemia ferropriva. Aos seis meses, o percentual de crianças com deficiência de ferro aumentou mais de quatro vezes, atingindo a proporção de 26,1%, enquanto a anemia ferropriva esteve presente em 23,9% dos lactentes da amostra. A deficiência de ferro aos seis meses foi associada significativamente com maior ganho ponderal. Conclusão Neste estudo, o aleitamento materno exclusivo protegeu as crianças da deficiência de ferro e da anemia ferropriva nos primeiros quatro meses de vida. Após essa idade, concordando com dados da literatura, esse estudou mostrou aumento na taxa de anemia e da deficiência de ferro, o que fornece mais uma evidência para apoiar a vigilância do estado do ferro, a partir dos quatro meses, para crianças em aleitamento materno exclusivo e que apresentem ganho de peso acima da média.
Palavra-chave breastfeeding
hemoglobin
iron deficiency
anemia
infants
aleitamento materno
hemoglobina
deficiência do ferro
anemia
bebês
Idioma Inglês
Data de publicação 2014-02-01
Publicado em Revista da Associação Médica Brasileira. Associação Médica Brasileira, v. 60, n. 1, p. 18-22, 2014.
ISSN 0104-4230 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Médica Brasileira
Extensão 18-22
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/1806-9282.60.01.006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-42302014000100018 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8226

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-42302014000100018.pdf
Tamanho: 206.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta