Vitamin D and diabetes mellitus: an update 2013

Vitamin D and diabetes mellitus: an update 2013

Título alternativo Vitamin D e diabetes melito: uma atualização 2013
Autor Griz, Luiz Henrique Maciel Google Scholar
Bandeira, Francisco Google Scholar
Gabbay, Mônica Andrade Lima Google Scholar
Dib, Sergio Atala Autor UNIFESP Google Scholar
Carvalho, Eduardo Freese de Google Scholar
Instituição Universidade Federal de Pernambuco Endocrinology, Diabetes and Bone Diseases Division of Agamenon Magalhães Hospital
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
UFPE Public Health and Epidemiology Division
Resumo Vitamin D deficiency and diabetes mellitus are two common conditions and they are widely prevalent across all ages, races, geographical regions, and socioeconomic conditions. Epidemiologic studies have shown association of vitamin D deficiency and increased risk of chronic diseases, such as cancer, cardiovascular disease, type 2 diabetes, and autoimmune diseases, such as multiple sclerosis and type 1 diabetes mellitus. The identification of 1,25(OH)2D receptors and 1-α-hydroxilase expression in pancreatic beta cells, in cells of the immune system, and in various others tissues, besides the bone system support the role of vitamin D in the pathogenesis of type 2 diabetes. Observational studies have revealed an association between 25(OH) D deficiency and the prevalence of type 1 diabetes in children and adolescents. This review will focus on the concept of vitamin D deficiency, its prevalence, and its role in the pathogenesis and risk of diabetes mellitus and cardiovascular diseases.

A deficiência de vitamina D e o diabetes melito são enfermidades comuns na população e são altamente prevalentes em todas as raças, idades, regiões geográficas e situação socioeconômica. Estudos epidemiológicos mostram uma associação entre hipovitaminose D com o aumento do risco de doenças crônicas, tais como câncer, doença cardiovascular, diabetes melito do tipo 2 e doenças autoimunes como a esclerose múltipla e o diabetes mellitus do tipo 1. A identificação de receptores da 1,25(OH)2 D e da expressão da 1 α-hidroxilase nas células betapancreáticas, em células do sistema imunológico e em uma variedade de células do organismo além do tecido ósseo, suporta o papel da vitamina D na patogênese do diabetes tipo 2 e do tipo 1. Esta revisão apresenta e discute o conceito de deficiência de vitamina D, sua prevalência e seu papel na patogênese e no risco de desenvolvimento do diabetes melito e doenças cardiovasculares.
Palavra-chave Vitamin D
diabetes mellitus
pathogenesis
Vitamina D
diabetes melito
patogênese
Idioma Inglês
Data de publicação 2014-02-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 58, n. 1, p. 1-8, 2014.
ISSN 0004-2730 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Extensão 1-8
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/0004-2730000002535
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27302014000100001 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8222

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27302014000100001.pdf
Tamanho: 129.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta