Cross-cultural adaptation of the Brazilian version of the Eating Assessment Tool - EAT-10

Cross-cultural adaptation of the Brazilian version of the Eating Assessment Tool - EAT-10

Título alternativo Equivalência cultural da versão brasileira do Eating Assessment Tool - EAT-10
Autor Gonçalves, Maria Inês Rebelo Autor UNIFESP Google Scholar
Remaili, Carla Bogossian Google Scholar
Behlau, Mara Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Centro de Estudos da Voz
Resumo The Eating Assessment Tool (EAT-10) was conceptually developed in the United States from data collected from 482 patients, for use as a self-administered survey regarding risk identification of dysphagia and symptoms related to clinical response to treatment. The purpose of this study is to present the cultural equivalence of the Brazilian version of the EAT-10. The process followed the Scientific Advisory Committee of Medical Outcome Trust (SACMOT). The questionnaire was translated by two Brazilian bilingual speech-language pathologists, aware of the purpose of this study. A back translation was performed by a third Brazilian speech-language pathologist, bilingual and English teacher that had not participated in the previous stage. After comparing both translations, a final version of the questionnaire was produced and called Instrumento de Autoavaliação da Alimentação (EAT-10). It was administered to 107 adult inpatients of the Hospital São Paulo, cwith request for bedside clinical evaluation of swallow. During the process of translation and cultural adaptation, no item was modified and/or suppressed. The EAT-10 maintained the same structure as the original American English version with ten questions, of which three of functional domain, three of emotional domain and four of physical symptoms domain. The cultural equivalence of the Brazilian version of the EAT-10 was demonstrated, being a score of three points or above it the cutoff for dysphagia risk, also for the Brazilian population.

O Eating Assessment Tool (EAT-10) foi conceitualmente desenvolvido nos Estados Unidos da América, a partir de informações de 482 pacientes, para o uso como instrumento de autoavaliação do risco de disfagia e de sintomas para evidenciar respostas clínicas ao tratamento. O objetivo deste estudo é apresentar a equivalência cultural da versão brasileira do EAT-10. O processo seguiu as recomendações do Scientific Advisory Committee of Medical Outcome Trust (SACMOT). O questionário foi traduzido para a língua portuguesa por duas fonoaudiólogas brasileiras bilíngues, cientes do objetivo desta pesquisa. Uma retrotradução foi efetuada por uma terceira fonoaudióloga brasileira, bilíngue e professora de inglês, não participante da etapa anterior. Após comparação das traduções, produziu-se uma única versão traduzida denominada Instrumento de Autoavaliação da Alimentação (EAT-10), aplicada em um grupo de 107 indivíduos adultos, internados no Hospital São Paulo, com solicitação de avaliação clínica fonoaudiológica da deglutição. No processo de tradução e adaptação cultural, não houve modificação e/ou eliminação de nenhuma questão. A composição do EAT-10 reflete a versão original do inglês, com dez questões, sendo três do domínio funcional, três do domínio emocional e quatro do domínio físico. Houve equivalência cultural do EAT-10 para o português brasileiro, sendo um escore de três ou mais pontos a nota de corte para risco de disfagia também na realidade nacional.
Palavra-chave Deglutition disorders
Speech, language and hearing sciences
Eating disorders
Risk index
Deglutition
Questionnaires
Transtornos de deglutição
Fonoaudiologia
Transtornos da alimentação
Indicador de risco
Deglutição
Questionários
Idioma Inglês
Data de publicação 2013-12-16
Publicado em CoDAS. Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, v. 25, n. 6, p. 601-604, 2013.
ISSN 2317-1782 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Extensão 601-604
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S2317-17822013.05000012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S2317-17822013000600601 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8122

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S2317-17822013000600601.pdf
Tamanho: 147.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta