Visual impairment from uveitis in a reference hospital of Southeast Brazil: a retrospective review over a twenty years period

Visual impairment from uveitis in a reference hospital of Southeast Brazil: a retrospective review over a twenty years period

Título alternativo Deficiência visual em uveítes em hospital de referência da região sudeste do Brasil: uma revisão retrospectiva de 20 anos
Autor Silva, Luci Meire Pereira da Autor UNIFESP Google Scholar
Muccioli, Cristina Autor UNIFESP Google Scholar
Oliveira, Filipe de Autor UNIFESP Google Scholar
Arantes, Tiago Eugênio Autor UNIFESP Google Scholar
Gonzaga, Lucas Renó Autor UNIFESP Google Scholar
Nakanami, Célia Regina Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To identify the frequency and causes of uveitis leading to visual impairment in patients referred to the Low Vision Service - Department of Ophthalmology - UNIFESP, over a twenty years period. METHODS: In a retrospective study, medical records of 5,461 patients were reviewed. Data from the first clinical evaluation at the Low Vision Service were collected, patient's age, gender and cause of visual impairment were analyzed. Patients with uveitis had their chart reviewed for anatomical classification and clinical diagnosis. RESULTS: The mean age of the patients referred to the Low Vision Service was 42.86 years and the mean age of patients with uveitis diagnosis was 25.51 years. Retinal disorders were the most common cause of visual impairment (N=2,835 patients; 51.9%) followed by uveitis (862 patients, 15.7%). Uveitis was posterior in 792 patients (91.9% of uveitis) and toxoplasmosis was the most common diagnosis (765 patients, 88.7%). CONCLUSIONS: In our study, uveitis represents the second cause of visual impairment in patients referred for visual rehabilitation and toxoplasmic retinochoroiditis was the most common clinical diagnosis. It affects a young working age population with a relevant social and economic impact, but the early diagnosis and treatment can improve the quality of life of these patients.

OBJETIVO: Identificar a frequência e as causas de uveítes que resultam em deficiência visual, em pacientes encaminhados ao Serviço de Visão Sub-Normal do Departamento de Oftalmologia - UNIFESP, durante um período de 20 anos. MÉTODOS: Em um estudo retrospectivo foram revisados 5.461 prontuários. Foram coletados os dados da primeira avaliação clínica realizada no Setor de Visão Sub-Normal, que inclui idade do paciente, sexo e a causa da deficiência visual. Os registros clínicos dos pacientes com diagnóstico de uveíte foram revisados para classificação anatômica e diagnóstico. RESULTADOS: A média de idade dos pacientes encaminhados para o Setor de Visão Sub-Normal foi de 42.86 anos e a média de idade dos pacientes com diagnóstico de uveíte foi de 25.51 anos. As doenças retinianas foram as causas mais comuns de deficiência visual (N=2.835 pacientes; 51.9%), seguida por uveítes (N=862 pacientes, 15.7%). Foi observado uveíte posterior em 792 pacientes (91.9% dos casos de uveíte) e, dentre estes, toxoplasmose foi o diagnóstico mais comum (765 pacientes, 88.7%). CONCLUSÕES: Em nosso estudo, uveíte representa a segunda causa de deficiência visual nos pacientes encaminhados para reabilitação visual e retinocoroidite por toxoplasmose foi o diagnóstico clínico mais comum. Uveíte afeta uma população jovem e em idade laboral, portanto com relevante impacto social e econômico, mas o diagnóstico e tratamento precoce podem melhorar a qualidade de vida destes pacientes.
Palavra-chave Visually impairment person
Low vision
Intraocular inflammation
Uveitis
Pessoas com deficiência visual
Baixa de visão
Inflamação intraocular
Uveíte
Idioma Inglês
Data de publicação 2013-12-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 76, n. 6, p. 366-369, 2013.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 366-369
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492013000600010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000331655800010
SciELO S0004-27492013000600010 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8106

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492013000600010.pdf
Tamanho: 329.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta