Adaptação transcultural do EULAR Sjögren's Syndrome Disease Activity Index (ESSDAI) para a língua portuguesa

Adaptação transcultural do EULAR Sjögren's Syndrome Disease Activity Index (ESSDAI) para a língua portuguesa

Título alternativo Transcultural adaptation of the EULAR Sjögren's Syndrome Disease Activity Index (ESSDAI) into Brazilian Portuguese
Autor Serrano, Erica Vieira Google Scholar
Valim, Valeria Autor UNIFESP Google Scholar
Miyamoto, Samira Tatiyama Autor UNIFESP Google Scholar
Giovelli, Raquel Altoé Google Scholar
Paganotti, Maurício Aquino Google Scholar
Cadê, Nágela Valadão Google Scholar
Instituição Universidade Federal do Espírito Santo Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva
Santa Casa de Misericórdia de Vitória Escola Superior de Ciências Departamento de Clínica Médica
Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal do Espírito Santo Departamento de Clínica Médica
Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes Ambulatório de Reumatologia
Universidade Federal do Espírito Santo
Universidade Federal do Espírito Santo Programa de Mestrado Profissional de Medicina
Universidade de Vila Velha Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo INTRODUCTION: The EULAR Sjögren's Syndrome Disease Activity Index (ESSDAI) is an index of primary Sjögren's syndrome (PSS) systemic activity. OBJECTIVE: To perform the ESSDAI transcultural adaptation into Brazilian Portuguese. METHOD: This was a cross-sectional study with 62 patients with PSS according to the criteria of the 2002 American-European Consensus. Six stages were conducted: conceptual, item, semantic, operational, functional, and measurement equivalences (interobserver reproducibility and construct validity). For the validity assessment, the ESSDAI was compared with the Physician's Global Assessment (PhGA), the Sjögren's Syndrome Disease Activity Index (SSDAI), and the Sjögren's Systemic Clinical Activity Index (SCAI). Patients were classified by a specialist physician into two groups according to disease activity (active and inactive), and according to the intention-to-treat (increase in therapy and no increase in therapy). The ESSDAI was tested in these groups. The following statistical tests were used: intraclass correlation coefficient (ICC), Bland-Altman plot for reproducibility, and Spearman's correlation coefficient (r s) and Mann-Whitney's test for validity (P < 0.05 and 95% CI). RESULTS: The mean ESSDAI score was 4.95 ± 6.73. The reproducibility obtained a strong ICC of 0.89 and good agreement. When compared with other indices, it showed a strong r s with PhGA (0.83; P < 0.000), a moderate r s with SSDAI (0.658; P < 0.000) and a weak r s with the SCAI (0.411; P = 0.001). The group active and the groupincrease in therapy had higher ESSDAI values (P = 0.000). CONCLUSION: The Brazilian Portuguese version of ESSDAI was shown to be adaptable, reproducible, and valid for this language.

INTRODUÇÃO: O EULAR Sjögren's Syndrome Disease Activity Index (ESSDAI) é um índice de atividade sistêmica da síndrome de Sjögren primária (SSP). OBJETIVO: Realizar a adaptação transcultural do ESSDAI para a língua portuguesa. MÉTODO: Estudo transversal com 62 pacientes com SSP de acordo com consenso europeu-americano de 2002. Foram realizadas seis etapas: equivalência conceitual, de item, semântica, operacional, funcional e de mensuração (reprodutibilidade interobservador e a validade de constructo). Para a validade, o ESSDAI foi comparado com a avaliação global do médico (PhGA), o Sjögren's Syndrome Disease Activity Index (SSDAI) e o Sjögren's Systemic Clinical Activity Index (SCAI). Os pacientes foram classificados por um médico especialista conforme a atividade da doença em dois grupos, ativo e inativo, e conforme a intenção de tratar nos grupos aumento de terapia e sem aumento de terapia. O ESSDAI foi testado nesses grupos. Utilizou-se os testes estatísticos: coeficiente de correlação intraclasse (CCI) e método de Bland Altman para a reprodutibilidade; e coeficiente de Spearman (r s) e teste de Mann-Whitney para a validade (P < 0,05 e IC 95%). RESULTADOS: A média do ESSDAI foi de 4,95 ± 6,73. A reprodutibilidade obteve um forte CCI de 0,89 e boa concordância. Na comparação com outros índices, apresentou forte coeficiente de Spearman com o PhGA (r s = 0,83; P < 0,000), moderado com o SSDAI (r s = 0,658 ; P < 0,000) e fraco com o SCAI (r s = 0,411; P = 0,001). O grupo ativo e o grupo com aumento de terapia obtiveram maiores valores de ESSDAI (P = 0,000). CONCLUSÃO: a versão em português do ESSDAI mostrou ser adaptável, reprodutível e válida para a língua portuguesa.
Palavra-chave Sjögren's syndrome
Scales
Validation studies
ESSDAI
Síndrome de Sjögren
Escalas
Estudos de validação
ESSDAI
Idioma Português
Data de publicação 2013-12-01
Publicado em Revista Brasileira de Reumatologia. Sociedade Brasileira de Reumatologia, v. 53, n. 6, p. 483-493, 2013.
ISSN 0482-5004 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Reumatologia
Extensão 483-493
Fonte http://dx.doi.org/10.1016/j.rbr.2013.04.003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0482-50042013000600007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8102

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0482-50042013000600007.pdf
Tamanho: 701.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta