Imunoexpressão das proteínas COX-2, p53 e caspase-3 em adenoma colorretal e mucosa não neoplásica

Imunoexpressão das proteínas COX-2, p53 e caspase-3 em adenoma colorretal e mucosa não neoplásica

Título alternativo Immunoexpression of the COX-2, p53, and caspase-3 proteins in colorectal adenoma and non-neoplastic mucosa
Autor Nogueira, Renan Brito Autor UNIFESP Google Scholar
Pires, Andréa Rodrigues Cordovil Google Scholar
Soares, Thélia Maria Santos Google Scholar
Rodrigues, Simone Rabello De Souza Google Scholar
Campos, Mariane Antonieta Menino Google Scholar
Toloi, Giovanna Canato Google Scholar
Waisberg, Jaques Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal Fluminense
Hospital Irmandade São João Batista
Fonte Medicina Diagnóstica
Faculdade de Medicina do ABC
Resumo OBJECTIVE: To analyze the immunoexpression of the COX-2, p53, and caspase-3 proteins in colorectal adenomas and non-neoplastic mucosa. METHODS: 72 individuals were subjected to colonoscopy, which provided 50 samples of adenomas and 45 samples of non-neoplastic colorectal mucosa. The tissue samples were obtained via the tissue microarray technique and subjected to immunohistochemical analysis using primary anti-p53, anti-COX-2, and anti-caspase-3 antibodies. The positivity and intensity of the immunoreaction were classified. The analyzed variables were as follows: site of the adenomas in the colon, degree of dysplasia, size, and score of positivity and intensity of immunoexpression of the p-53, caspase-3, and COX-2 proteins. RESULTS: The immunoexpression of mutated protein p53 was positive in 30 (60%) adenoma samples and negative in 20 (40%) adenoma samples. The immunoexpression of mutated protein p53 was negative in 39 (86.6%) samples and positive in 6 (13.3%) samples of the non-neoplastic colorectal mucosa (p<0.0001). Significant differences were seen between both the largest size (p=0.006) and the highest degree of dysplasia (p<0.0001) of the adenomas and the intensity of immunoexpression of mutated protein p53. The positivity and intensity of immunoexpression of COX-2 (p=0.14) and caspase-3 (p=0.23) showed no significant differences between the adenomas and the non-neoplastic colorectal mucosa. CONCLUSION: Mutated protein p53 was hyperexpressed in the adenomas compared with the non-neoplastic mucosa. Greater size and greater degree of dysplasia in the adenomas were associated with higher expression of mutated protein p53. The immunoexpression of COX-2 and caspase-3 in the adenomas did not exhibit a correlation with the anatomical-pathological features of the tumors and did not differ from the corresponding expression levels in the non-neoplastic mucosa.

OBJETIVO: Analisar a imunoexpressão das proteínas COX-2, p53 e caspase-3 em adenomas colorretais e na mucosa não neoplásica. MÉTODOS: Foram submetidos à colonoscopia 72 indivíduos que forneceram 50 amostras de adenomas e 45 de mucosa colorretal não neoplásica. Os tecidos foram obtidos pela técnica de arranjo em matriz (tissue microarray) e submetidos a estudo imunoistoquímico com anticorpos primários p53, COX-2 e caspase-3. A positividade e intensidade da imunorreação foram classificadas. Foram estudadas as seguintes variáveis: localização do adenoma no colo, grau de displasia, tamanho, e escores de positividade e intensidade da imunoexpressão das proteínas p-53, caspase-3 e COX-2. RESULTADOS: Nos adenomas, a imunoexpressão da proteína p53 mutada foi positiva em 30 (60%) e negativa em 20 (40%) amostras. Na mucosa colorretal não neoplásica, a imunoexpressão da proteína p53 mutada foi negativa em 39 (86,6%) amostras e positiva em 6 (13,3%) (p<0,0001). Houve diferença significativa entre o maior tamanho (p=0,006) e o maior grau de displasia dos adenomas (p<0,0001) e a intensidade de imunoexpressão da proteína p53 mutada. A positividade e intensidade da imunoexpressão das proteínas COX-2 (p=0,14) e caspase-3 (p=0,23), nos adenomas e na mucosa colorretal não neoplásica, não apresentaram diferença significante. CONCLUSÃO: A proteína p53 mutada é hiperexpressada nos adenomas em comparação com a mucosa não neoplásica. Nos adenomas, o maior tamanho e o maior grau de displasia foram associados à maior expressão da proteína p53 mutada. A imunoexpressão das proteínas COX-2 e caspase nos adenomas não apresentou correlação com os aspectos anatomopatológicos e não foi diferente em termos de níveis de expressão correspondentes na mucosa não neoplásica.
Palavra-chave Adenoma
Immunohistochemistry
Gene, p53
Caspase 3
Cyclooxygenase 2
Intestine, large
Adenoma
Imunoistoquímica
Genes p53
Caspase 3
Ciclo-oxigenase 2
Intestino grosso
Idioma Português
Data de publicação 2013-12-01
Publicado em Einstein (São Paulo). Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, v. 11, n. 4, p. 456-461, 2013.
ISSN 1679-4508 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein
Extensão 456-461
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1679-45082013000400009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1679-45082013000400009 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8080

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1679-45082013000400009.pdf
Tamanho: 250.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta