Dor, qualidade de vida, autopercepção de saúde e depressão de pacientes com fibromialgia, tratados com hidrocinesioterapia

Dor, qualidade de vida, autopercepção de saúde e depressão de pacientes com fibromialgia, tratados com hidrocinesioterapia

Título alternativo Pain, quality of life, self perception of health and depression in patients with fibromyalgia, submited to hydrocinesiotherapy
Autor Letieri, Rubens Vinícius Google Scholar
Furtado, Guilherme E. Google Scholar
Letieri, Miriangrei Google Scholar
Góes, Suelen M. Google Scholar
Pinheiro, Cláudio J. Borba Google Scholar
Veronez, Suellen O. Autor UNIFESP Google Scholar
Magri, Angela M. Autor UNIFESP Google Scholar
Dantas, Estélio M. Google Scholar
Instituição Faculdade Católica Rainha do Sertão
Universidade de Coimbra Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física
Centro Universitário da Fundação Educacional Guaxupé
Universidade Federal do Paraná
Federal do Estado do Rio de Janeiro
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVES: The aim of this study was to analyze the effects of treatment by hydrotherapy on quality of life, perception of pain and the severity of depression in a group of patients with fibromyalgia. MATERIALS AND METHODS: We evaluated 64 females divided into two groups: hydrocinesiotherapy (n = 33, 58.2 ± 10.6 years) and control group (n = 31 with 59.6 ± 9.4 years) with clinical diagnosis of fibromyalgia. Individuals were assessed by Visual Analog Scale of Pain (VAS), the Fibromyalgia Impact Questionnaire (FIQ) and the Beck Depression Inventory. Participants underwent a treatment in a hydrotherapy pool heated to 33ºC over a period of 15 weeks, two sessions per week of 45 minutes, a total of 30 sessions. The exercises were underwater: cardiovascular conditioning, strength training, mobility, coordination, balance and still, stretching exercises and muscle relaxation. The ANOVA 2×2 and Kruskall-Wallis was used for statistical analysis RESULTS: There were statistically significant improvements in the perception of pain intensity (Δ% = -28.2%, p < 0, 01), quality of life (Δ% = -32.4%, p < 0, 05) and depression symptoms (Δ% = -35.4%, p < 0, 05) in favor of the Hydrotherapy group compared to the control group. CONCLUSIONS: The study suggests that hydrocinesiotherapy was effective as an alternative therapy for fibromyalgia, however further studies are recommended to test the associations between the variables and intervention programs and using the water activities, and the modifiability of the parameters of physical and mental health when these individuals undergo programs of short, medium and long duration.

OBJETIVOS: Analisar os efeitos do tratamento hidrocinesioterapêutico na qualidade de vida, percepção de dor e gravidade de episódios depressivos em um grupo de pacientes com fibromialgia. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram avaliados 64 indivíduos do sexo feminino, separados em dois grupos: hidrocinesioterapia (n = 33; 58,2 ± 10,6 anos) e grupo controle (n = 31; 59,6 ± 9,4 anos), com diagnóstico de fibromialgia. Os indivíduos foram avaliados através da Escala Analógica Visual de Dor (EVA), o Fibromyalgia Impact Questionnaire (FIQ), e o Inventário de Beck. Os participantes foram submetidos a um tratamento hidrocinesioterápico numa piscina aquecida a 33ºC com duas sessões de 45 minutos por semana, ao longo 15 semanas, num total de 30 sessões. Os exercícios subaquáticos foram: de condicionamento cardiovascular, de força, de mobilidade, de coordenação, de equilíbrio, de alongamento e de relaxamento muscular. Utilizou-se a ANOVA 2×2 e Kruskal-Wallis para análise estatística. RESULTADOS: Foram observadas melhorias estatisticamente significativas na percepção da intensidade da dor (Δ% = -28,2%, p < 0,01), na qualidade de vida (Δ% = -32,4%, p < 0,05) e nos sintomas de depressão (Δ% = -35,4%, p < 0,05) favoráveis ao grupo hidrocinesioterapia comparado ao grupo controle. CONCLUSÕES: O estudo sugere que a hidrocinesioterapia mostrou-se eficaz como terapia alternativa da fibromialgia. No entanto, recomenda novos estudos que testem as associações existentes entre as variáveis analisadas e os programas de intervenção, utilizando as atividades aquáticas, bem como a modificabilidade dos parâmetros de saúde física e psíquica quando estes indivíduos são submetidos a programas de curta, média e longa duração.
Palavra-chave Fibromyalgia
Hydrotherapy
Pain
Quality of Life
Depression
Fibromialgia
Hidroterapia
Dor
Qualidade de Vida
Depressão
Idioma Português
Data de publicação 2013-12-01
Publicado em Revista Brasileira de Reumatologia. Sociedade Brasileira de Reumatologia, v. 53, n. 6, p. 494-500, 2013.
ISSN 0482-5004 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Reumatologia
Extensão 494-500
Fonte http://dx.doi.org/10.1016/j.rbr.2013.04.004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0482-50042013000600008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8059

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0482-50042013000600008.pdf
Tamanho: 788.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta