Prospective assessment of the risk of postoperative pulmonary complications in patients submitted to upper abdominal surgery

Prospective assessment of the risk of postoperative pulmonary complications in patients submitted to upper abdominal surgery

Autor Pereira, Eanes Delgado Barros Google Scholar
Fernandes, Ana Luisa Godoy Autor UNIFESP Google Scholar
Anção, Meide Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Peres, Clovis de Araujo Autor UNIFESP Google Scholar
Atallah, Álvaro Nagib Autor UNIFESP Google Scholar
Faresin, Sonia Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Federal University of Ceará
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
University of São Paulo
São Paulo Hospital
Resumo OBJECTIVE: To investigate associations between preoperative variables and postoperative pulmonary complications (PPC) in elective upper abdominal surgery. DESIGN: Prospective clinical trial. SETTING: A tertiary university hospital. PATIENTS: 408 patients were prospectively analyzed during the preoperative period and followed up postoperatively for pulmonary complications. MEASUREMENTS: Patient characteristics, with clinical and physical evaluation, related diseases, smoking habits, and duration of surgery. Preoperative pulmonary function tests (PFT) were performed on 247 patients. RESULTS: The postoperative pulmonary complication rate was 14 percent. The significant predictors in univariate analyses of postoperative pulmonary complications were: age >50, smoking habits, presence of chronic pulmonary disease or respiratory symptoms at the time of evaluation, duration of surgery >210 minutes and comorbidity (p <0.04). In a logistic regression analysis, the statistically significant predictors were: presence of chronic pulmonary disease, surgery lasting >210 and comorbidity (p <0.009).CONCLUSIONS: There were three major clinical risk factors for pulmonary complications following upper abdominal surgery: chronic pulmonary disease, comorbidity, and surgery lasting more than 210 minutes. Those patients with three risk factors were three times more likely to develop a PPC compared to patients without any of these risk factors (p <0.001). PFT is indicated when there are uncertainties regarding the patient s pulmonary status.

OBJETIVO: Avaliar associações entre a presença de variáveis pré-operatórias e a ocorrência de complicações pulmonares no pós-operatório de cirurgia abdominal alta eletiva. TIPO DE ESTUDO: Experimentação clínica em perspectiva. PACIENTES: 408 pacientes foram avaliados prospectivamente no pré-operatório e seguidos no pós-operatório para avaliação de complicações pulmonares. VARIÁVEIS MEDIDAS: Características dos pacientes: historia clínica e exame físico, doenças associadas, tabagismo, e tempo cirúrgico. Foi realizado espirometria no período pré-operatório em 247 pacientes. RESULTADOS : A incidência de complicações pulmonares no pós-operatório foi 14%. Na análise univariada comportaram-se como fatores de risco para ocorrência de complicações pulmonares no pós-operatório: idade acima de 50 anos, tabagismo, a presença de doença pulmonar crônica ou sintomas respiratórios no momento da avaliação, tempo cirúrgico maior que 210 minutos e a coexistência de doença clínica (p< 0,04). Na análise de regressão logística comportaram-se como fatores de risco somente a presença de doença pulmonar crônica, tempo cirúrgico maior que 210 minutos e coexistência de doença clínica associada. (p< 0,009). CONCLUSÃO: Existem três fatores de risco clínicos para complicações pulmonares no pós-operatório de cirurgia abdominal alta: doença pulmonar crônica, tempo cirúrgico maior que 210 minutos e coexistência de doença clínica. Os pacientes que apresentam estes fatores de risco têm três vezes mais chance de complicar do ponto de vista pulmonar no pós-operatório quando comparados aqueles que não apresentam estes fatores de risco (p< 0,001). A espirometria está indicada quando não existe certeza quanto ao quadro pulmonar do paciente.
Assunto abdominal surgery
risk factor
morbidity
Idioma Inglês
Data 1999-07-01
Publicado em São Paulo Medical Journal. Associação Paulista de Medicina - APM, v. 117, n. 4, p. 151-160, 1999.
ISSN 1516-3180 (Sherpa/Romeo)
Editor Associação Paulista de Medicina - APM
Extensão 151-160
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31801999000400003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-31801999000400003 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/805

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1516-31801999000400003.pdf
Tamanho: 70.55Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)