A eficácia do treinamento auditivo formal em adultos com distúrbio do processamento auditivo (central)

A eficácia do treinamento auditivo formal em adultos com distúrbio do processamento auditivo (central)

Título alternativo Effectiveness of formal auditory training in adults with auditory processing disorder
Autor Cruz, Ana Carolina Almendra Google Scholar
Andrade, Adriana Neves de Autor UNIFESP Google Scholar
Gil, Daniela Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: to compare the performance of adults with auditory processing disorder in behavioral tests before and after formal auditory training, in order to verify the effectiveness of this approach. METHODS: this is a quantitative retrospective study for which we selected 18 individuals with auditory processing disorders evidenced by the behavioral assessment, aged between 16 and 38 years old. All subjects underwent a formal auditory training program conducted in eight sessions of 45 minutes each, twice a week. Sessions were organized in ascending order of complexity of the listening skills srech as, auditory closure, figure-ground for sentences, words, syllables and sounds and nonverbal temporal processing of sounds (analysis of the intensity, duration and frequency). For statistical purposes the results of the SSW test SSI (ICM) and Duration and frequency pattern recognitive obtained before and after auditory training, considering the ear and sex variables. RESULTS: there were no statistically significant differences between the right and left ears. Both men and women when analyzed separately showed better results in post-training. These differences were statistically significant in for duration and frequency pattern tests, for men and women. In SSW improvement in male and SSI R / S -15 females, respectively. In addition, all subjects reported better attention and better communicative performance after auditory training. CONCLUSION: the formal auditory training improves listening skills figure - ground for verbal sounds and temporal processing measured by behavioral tests in adults diagnosed with auditory processing disorders.

OBJETIVO: comparar o desempenho de adultos com distúrbio do processamento auditivo em testes comportamentais pré e pós-treinamento auditivo formal, visando verificar a eficácia desse treinamento. MÉTODOS: trata-se de um estudo retrospectivo quantitativo com 18 indivíduos com distúrbio do processamento auditivo comprovado pela avaliação comportamental, idade entre 16 e 38 anos. Todos os indivíduos foram submetidos a um programa de treinamento auditivo formal realizado em oito sessões de 45 minutos cada, duas vezes por semana, cujas sessões foram organizadas em ordem crescente de complexidade visando o treinamento das habilidades auditivas de fechamento auditivo, figura-fundo para frases, palavras, sílabas e sons não verbais e de processamento temporal dos sons (análise da intensidade, duração e frequência dos sons). Foram comparados os resultados dos testes SSW em Português, SSI (MCI) e Reconhecimento de Padrão de Duração e de Frequência obtidos no pré e pós - treinamento auditivo, envolvendo as variáveis: orelha e sexo. RESULTADOS: não foram observadas diferenças estatisticamente significantes entre as orelhas. Tanto homens quanto mulheres quando analisados separadamente demonstraram resultados melhores no pós-treinamento. Estas diferenças foram estatisticamente significantes nos testes de padrão de duração e frequência, para homens e mulheres. No SSW melhora no sexo masculino e no SSI R/S -15 no sexo feminino, respectivamente. Além disso, todos os indivíduos relataram melhor desempenho comunicativo e de atenção no pós-treinamento. CONCLUSÃO: o treinamento auditivo formal melhora as habilidades auditivas de figura - fundo para sons verbais e de processamento temporal medidas por testes comportamentais em adultos diagnosticados com distúrbio de processamento auditivo.
Palavra-chave Hearing
Auditory Perception
Hearing Disorders
Neuronal Plasticity
Audição
Percepção Auditiva
Transtornos da Audição
Plasticidade Neuronal
Idioma Português
Data de publicação 2013-12-01
Publicado em Revista CEFAC. CEFAC Saúde e Educação, v. 15, n. 6, p. 1427-1434, 2013.
ISSN 1516-1846 (Sherpa/Romeo)
Publicador CEFAC Saúde e Educação
Extensão 1427-1434
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462013000600004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-18462013000600004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8033

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-18462013000600004.pdf
Tamanho: 352.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta