Lesões musculoesqueléticas em policiais militares

Lesões musculoesqueléticas em policiais militares

Título alternativo Musculoskeletal injuries in military police
Lesiones musculoesqueléticas en policías militares
Autor Calasans, Diego Apolinário Google Scholar
Borin, Gabriela Autor UNIFESP Google Scholar
Peixoto, Gabriel Theodoro Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Centro de Reabilitação da Polícia Militar
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo INTRODUCTION: The physical qualities need to be analyzed and are risk factors associated with the development of musculoskeletal injuries during military sports training. OBJECTIVE: Epidemiological studies of musculoskeletal injuries occurred in the ankle and foot of military police officers. METHODS: We collected all the medical records of military police officers who have suffered previous injuries in the ankle and foot during the period September 2005 to August 2011. The information was obtained through physical therapy evaluation form found in the records and subsequently the data were tabulated and analyzed. RESULTS: After collecting the data from the medical records, it was found that there 29% bone injuries, 32% ligament injuries and 35% muscle injuries. CONCLUSION: A sprained ankle demonstrates a risk to public health is described by the international statistical classification of diseases and related health problems, which is also in the military environment, described as risk during sports practice.

INTRODUCCIÓN: Las cualidades físicas precisan ser analizadas y se vinculan como factores de riesgos para desarrollar lesiones musculoesqueléticas durante el entrenamiento deportivo-militar. OBJETIVO: Recolectar datos sobre epidemiología de las lesiones musculoesqueléticas ocurridas en tobillos y pies de policías militares. MATERIALES Y MÉTODOS: Se analizaron todas las fichas médicas de policías militares que sufrieron lesiones previas en tobillos y pies durante el período de septiembre de 2005 a agosto de 2011; las informaciones fueron obtenidas mediante los formularios de evaluación fisioterapéutica que se encontraban en las fichas médicas; posteriormente, los datos obtenidos fueron tabulados y analizados. RESULTADOS: Después de la recolección de datos de las fichas médicas se observó 29% de lesiones óseas, 32% de ligamentarias y 35% de musculares. CONCLUSIÓN: La torcedura de tobillo demuestra ser un riesgo para la salud pública como se describe en la clasificación estadística internacional de enfermedades y problemas relacionados con la salud, siendo en el medio militar señalada también como un riesgo durante la práctica deportiva.

INTRODUÇÃO: As qualidades físicas precisam ser analisadas e estão associadas como fatores de risco a desenvolver lesões musculoesqueléticas durante o treinamento esportivo militar. OBJETIVO: Levantar a epidemiologia das lesões musculoesqueléticas ocorridas em tornozelo e pé de policiais militares. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram coletados todos os prontuários de policiais militares que sofreram lesões prévias no tornozelo e pé durante o período de setembro de 2005 a agosto de 2011, as informações foram obtidas através da ficha de avaliação fisioterapêutica constatada nos prontuários, posteriormente os dados obtidos foram tabulados e analisados. RESULTADOS: Após a coleta de dados dos prontuários foi observado que houve 29% de lesões ósseas, 32% de ligamentares e 35% de musculares. CONCLUSÃO: A entorse de tornozelo demonstra um risco à saúde pública como descrita pela classificação estatística internacional de doenças e problemas relacionados à saúde, sendo no meio militar também descrita como um risco durante a prática esportiva.
Palavra-chave epidemiology
exercise
medical records
epidemiologia
exercício físico
prontuários
Idioma Português
Data de publicação 2013-12-01
Publicado em CALASANS, Diego Apolinário; BORIN, Gabriela; PEIXOTO, Gabriel Theodoro. Lesões musculoesqueléticas em policiais militares. Rev Bras Med Esporte, São Paulo , v. 19, n. 6, p. 415-418, dez. 2013
ISSN 1517-8692 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte
Extensão 415-418
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922013000600007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000329931500007
SciELO S1517-86922013000600007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8030

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1517-86922013000600007.pdf
Tamanho: 161.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta