Efeito agudo dos extensores do joelho unilateral na cadeira extensora com e sem estímulos na plataforma vibratória

Efeito agudo dos extensores do joelho unilateral na cadeira extensora com e sem estímulos na plataforma vibratória

Título alternativo Acute effect of extensors knee unilateral on leg extension machine with and without stimulation on the vibrating platform
Autor Ferreira, Fernando Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Angeli, Gerseli Autor UNIFESP Google Scholar
Confessor, Yara Queiroga Autor UNIFESP Google Scholar
Gagliardi, João Fernando Laurito Google Scholar
Barros Neto, Turibio Leite de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Unifieo Fundação Instituto de Ensino para Osasco
Resumo INTRODUCTION: A great number of studies have been conducted lately concerning the use of mechanical vibration as part of the training for improvement of physical conditioning. However, the majority of these studies have evaluated the effects of the exercises joined with the vibrating training in order to determine if there was post-training improvement, and did not evaluate the effects of both vibrating and non-vibrating platform exercises. OBJECTIVE: To evaluate the acute effect of exercise on the knee extensors, with and without the stimulus of the vibrating platform. METHODS: Thirty male active individuals, with age range between 18 and 45 years, randomly conducted three protocols: with the platform on (POG), the platform off (POFFG) and control group (CG). Each protocol began with a five minute warm-up on the ergonomic bicycle, with loads ranging from 75 to 100 watts and 70 rotations per minute, followed by six sets of 10 unilateral squats with one minute of pause between them, with or without mechanical vibrating, and finished with the Work Test, performed only on the dominant leg for determination of the physical valences: work, strength, power and speed. RESULTS: Only the variable speed has presented statistically significant difference (p < 0.05) when the platform on was compared to the control. CONCLUSION: The training on the vibration platform had no influence on the work or muscle power variables, but it exerted negative influence on the movement velocity causing fatigue in the quadriceps muscles.

INTRODUÇÃO: Nos últimos anos muitos estudos foram feitos com o objetivo de avaliar a utilização da vibração mecânica como parte de treinamento para melhora do condicionamento físico. Entretanto, a maioria avaliou os efeitos dos exercícios em conjunto com o treinamento vibratório para determinar se havia melhora após o treinamento, sem avaliar os efeitos dos exercícios realizados na plataforma com e sem vibração. OBJETIVO: Avaliar o efeito agudo do exercício nos extensores do joelho, com e sem o estímulo da plataforma vibratória. MÉTODOS: Trinta indivíduos ativos, do sexo masculino, com idades entre 18 e 45 anos, realizaram, de forma randomizada, três protocolos: grupo plataforma ligada (GPL), grupo plataforma desligada (GPD) e grupo controle (GC). Cada protocolo começava com aquecimento de cinco minutos em bicicleta ergométrica, com carga entre 75 e 100 watts e 70 rotações por minuto, seguido por seis séries de 10 movimentos de agachamento unilateral com intervalo de um minuto entre elas, com ou sem vibração mecânica, e terminava com o Work Test, realizado apenas no membro inferior dominante para determinação das valências físicas: trabalho, força, potência e velocidade. O grupo controle realizou apenas o Work Test após o aquecimento. RESULTADOS: Apenas a variável velocidade apresentou diferença estatisticamente significante (p < 0,05) quando comparado o GPL ao GC. CONCLUSÃO: O estímulo na plataforma vibratória não exerceu influência nas variáveis trabalho e potência dos extensores do joelho unilateral, mas, na velocidade do movimento, exerceu influência negativa causando fadiga.
Palavra-chave vibrating platform
power (Psychology)
velocity
work
muscle fatigue
plataforma vibratória
potência
velocidade
trabalho
fadiga muscular
Idioma Português
Data de publicação 2013-10-01
Publicado em FERREIRA, Fernando Roberto et al . Efeito agudo dos extensores do joelho unilateral na cadeira extensora com e sem estímulos na plataforma vibratória. Rev Bras Med Esporte, São Paulo , v. 19, n. 5, p. 336-338, out. 2013
ISSN 1517-8692 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte
Extensão 336-338
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922013000500007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000328703800007
SciELO S1517-86922013000500007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7978

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1517-86922013000500007.pdf
Tamanho: 88.42KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S1517-86922013000500007-pt.pdf
Tamanho: 101.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta