Comparative validation of the radiographic and tomographic measurement of patellar height

Comparative validation of the radiographic and tomographic measurement of patellar height

Título alternativo Validacao comparativa da medida da altura patelar radiografica e tomografica
Autor Schueda, Marco Antonio Google Scholar
Astur, Diego Costa Google Scholar
Arliani, Gustavo Goncalves Google Scholar
Hornburg, Gilberto Google Scholar
Serpa, Ricardo Google Scholar
Heinig Neto, Walter Google Scholar
Kaleka, Camila Cohen Google Scholar
Cohen, Moises Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Instituto de Ortopedia e Traumatologia
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Hospital Dona Helena
IOT
Santa Casa de Misericordia Faculdade de Ciencias Medicas
Resumo OBJECTIVE:To evaluate and validate the radiographic measurement of patellar height with computerized tomography scans.METHODS:Measured the patellar height through the lateral radiographic image supported by one foot and sagittal tomographic view of the knee in extension, flexion of 20°, and quadriceps contraction of 40 patients (80 knees), asymptomatic and no history of knee injuries using Insall-Salvati index. There were 20 adult females and 20 adult males.RESULTS:The height patellar index was higher in women of all images taken, in proportion. There was no statistical difference of patellar height index between the radiographics and tomographics images.CONCLUSION:The Insall-Salvati index in females was higher in all cases evaluated. Furthermore, it is possible to measure the patellar height index during tomographic study without distorting the results obtained, using to define the presence of patella alta or patella baja.

OBJETIVO:Avaliar e validar a medida da altura patelar radiográfica em exames tomográficos em extensão, flexão de 20° e contração do quadríceps.MÉTODOS:Mensuração, com o uso do índice de Insall-Salvati, da altura patelar, por meio da imagem radiográfica com apoio monopodálico de perfil do joelho e corte sagital de tomografia do joelho em extensão, flexão de 20° e contração do quadríceps, de 40 indivíduos (20 de cada sexo, 80 joelhos), adultos, assintomáticos e sem histórico de lesão.RESULTADOS:O índice de altura patelar foi maior nas mulheres em todas as imagens feitas, de forma proporcional. Não existiu diferença estatística dos valores da altura patelar entre o estudo radiográfico e o tomográfico.CONCLUSÃO:O valor do índice de Insall-Salvati no sexo feminino foi maior em todas as situações avaliadas. Além disso, é possível mensurar, com o método usado e sem distorções dos resultados obtidos, o valor da altura patelar durante o estudo tomográfico para definir a presença de patela alta ou baixa.
Palavra-chave Joint instability
Patella
Radiography
Tomography
Instabilidade articular
Patela
Radiografia
Tomografia
Idioma Inglês
Data de publicação 2013-09-01
Publicado em Revista Brasileira de Ortopedia. Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, v. 48, n. 5, p. 397-401, 2013.
ISSN 0102-3616 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Extensão 397-401
Fonte http://dx.doi.org/10.1016/j.rboe.2012.07.009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-36162013000500397 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7963

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-36162013000500397.pdf
Tamanho: 748.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta