Level of asthma control and its impact on activities of daily living in asthma patients in Brazil

Level of asthma control and its impact on activities of daily living in asthma patients in Brazil

Título alternativo Nível de controle da asma e seu impacto nas atividades de vida diária em asmáticos no Brasil
Autor Gazzotti, Mariana Rodrigues Google Scholar
Nascimento, Oliver Augusto Autor UNIFESP Google Scholar
Montealegre, Federico Google Scholar
Fish, James Google Scholar
Jardim, José Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Sao Camilo University Center
Merck, Sharp & Dohme Corp.
University of Puerto Rico School of Public Health
Resumo OBJECTIVE:To evaluate the impact of asthma on activities of daily living and on health status in patients with controlled, partially controlled, or uncontrolled asthma in Brazil.METHODS:We used data related to 400 patients in four Brazilian cities (São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, and Curitiba), obtained in a survey conducted throughout Latin America in 2011. All study subjects were > 12 years of age and completed a standardized questionnaire in face-to-face interviews. The questions addressed asthma control, hospitalizations, emergency room visits, and school/work absenteeism, as well as the impact of asthma on the quality of life, sleep, and leisure. The level of asthma control was determined in accordance with the Global Initiative for Asthma criteria.RESULTS:Among the 400 respondents, asthma was controlled in 37 (9.3%), partially controlled in 226 (56.5%), and uncontrolled in 137 (34.2%). The numbers of patients with uncontrolled or partially controlled asthma who visited the emergency room, who were hospitalized, and who missed school/work were higher than were those of patients with controlled asthma (p = 0.001, p = 0.05, and p = 0.01, respectively). Among those with uncontrolled asthma, the impact of the disease on activities of daily living, sleep, social activities, and normal physical exertion was greater than it was among those with controlled or partially controlled asthma (p < 0.001).CONCLUSIONS:In Brazil, asthma treatment should be monitored more closely in order to increase treatment adherence and, consequently, the level of asthma control, which can improve patient quality of life and minimize the negative impact of the disease.

OBJETIVO:Avaliar o impacto da asma nas atividades da vida diária e na saúde em pacientes com asma controlada, parcialmente controlada ou não controlada no Brasil.MÉTODOS:Foram utilizados dados de 400 pacientes de quatro cidades brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Salvador) obtidos em um inquérito realizado em países da América Latina em 2011. Todos os indivíduos do estudo tinham idade > 12 anos e responderam a um questionário padronizado por meio de entrevista presencial. As questões abordavam o controle da asma, número de hospitalizações, de consultas de urgência, absenteísmo na escola/trabalho e impacto da asma na qualidade de vida, sono e lazer. O nível de controle da asma foi verificado segundo os critérios da Global Initiative for Asthma.RESULTADOS:Entre 400 entrevistados, a asma estava controlada em 37 (9,3%); parcialmente controlada, em 226 (56,5%); e não controlada, em 137 (34,2%). O número de pacientes com asma não controlada ou parcialmente controlada que apresentaram hospitalizações, visitas ao pronto-socorro e faltas na escola/trabalho foi maior do que o daqueles com asma controlada (p = 0,001, p = 0,05 e p = 0,01, respectivamente). Os participantes com asma não controlada apresentaram um maior impacto da doença em atividades da vida diária, sono, atividades sociais e esforço físico normal do que aqueles com asma parcialmente controlada ou controlada (p < 0,001).CONCLUSÕES:Medidas terapêuticas devem ser mais intensamente adotadas em nosso país para melhorar o controle da asma e estimular a aderência ao tratamento. Isso, seguramente, proporcionará uma melhor qualidade de vida aos pacientes e uma redução do impacto negativo da doença.
Palavra-chave Asthma/epidemiology
Quality of life
Hospitalization
Asma/epidemiologia
Qualidade de vida
Hospitalizacao
Idioma Inglês
Data de publicação 2013-09-01
Publicado em Jornal Brasileiro de Pneumologia. Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, v. 39, n. 5, p. 532-538, 2013.
ISSN 1806-3713 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Extensão 532-538
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1806-37132013000500002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000328875600002
SciELO S1806-37132013000500532 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7929

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1806-37132013000500532-en.pdf
Tamanho: 164.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S1806-37132013000500532-pt.pdf
Tamanho: 168.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta