Receptores plaquetários P2Y12: importância na intervenção coronariana percutânea

Receptores plaquetários P2Y12: importância na intervenção coronariana percutânea

Título alternativo P2Y12 platelet receptors: importance in percutaneous coronary intervention
Autor Falcão, Felipe José de Andrade Autor UNIFESP Google Scholar
Carvalho, Leonardo Google Scholar
Chan, Mark Google Scholar
Alves, Claudia Maria Rodrigues Autor UNIFESP Google Scholar
Carvalho, Antonio Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Caixeta, Adriano Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
National University of Singapore Yong Loo Lin School of Medicina
Resumo Apart from their role in hemostasis and thrombosis, platelets are involved in many other biological processes such as wound healing and angiogenesis. Percutaneous coronary intervention is a highly thrombogenic procedure inducing platelets and monocytes activation through endothelial trauma and contact activation by intravascular devices. Platelet P2Y12 receptor activation by adenosine diphosphate facilitates non-ADP agonist-mediated platelet aggregation, dense granule secretion, procoagulant activity, and the phosphorylation of several intraplatelet proteins, making it an ideal drug target. However, not all compounds that target the P2Y12 receptor have similar efficacy and safety profiles. Despite targeting the same receptor, the unique pharmacologic properties of each of these P2Y12 receptor-directed compounds can lead to very different clinical effects.

As plaquetas estão envolvidas em vários processos biológicos, desde o combate a agentes infecciosos até a coordenação do controle da permeabilidade vascular e angiogênese. Entretanto, o seu principal foco de ação consiste na modulação da cascata de coagulação. A intervenção coronariana percutânea é um procedimento com alto risco trombogênico, que induz a ativação plaquetária e de monócitos, devido à lesão direta do endotélio e pelo contato de estruturas trombogênicas com o sangue, levando ao aumento da atividade inflamatória, tanto no local do dano vascular coronariano como de forma sistêmica. Os receptores plaquetários P2Y12 desempenham papel central na amplificação da agregação induzida por todos os agonistas plaquetários, como a adenosina difosfato, o colágeno, tromboxano A2, adrenalina e serotonina. Por esse motivo, têm sido o principal alvo das drogas antiplaquetárias. Apesar de atuarem no mesmo receptor, características farmacocinéticas e farmacodinâmicas distintas conferem peculiaridades a cada agente.
Palavra-chave Receptor Aggregation
Platelet Aggregation
Percutaneous Coronary Intervention
Agregação de Receptores
Agregação Plaquetária
Intervenção Coronariana Percutânea
Idioma Português
Data de publicação 2013-09-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Cardiologia. Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC, v. 101, n. 3, p. 277-282, 2013.
ISSN 0066-782X (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Extensão 277-282
Fonte http://dx.doi.org/10.5935/abc.20130162
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000324913200018
SciELO S0066-782X2013002900013 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7924

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0066-782X2013002900013.pdf
Tamanho: 399.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta