Letramento e alfabetização de pessoas jovens e adultas: um balanço da produção científica

Letramento e alfabetização de pessoas jovens e adultas: um balanço da produção científica

Título alternativo Youth and adult literacies: an evaluation of scientific production
Autor Vóvio, Claudia Lemos Autor UNIFESP Google Scholar
Kleiman, Angela B. Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Resumo In discussions regarding youth and adult education, in Brazil and abroad, this group's beginning literacy is considered a fundamental process for building a more just and inclusive society. Basic literacy is a necessary requirement for continuing education, the process of acquiring the cultural goods and models of action founded on knowledge, values and practices that are considered legitimate by society. Yet an overview of education in Brazil shows us that quality education for young and adult groups is still a challenge. Given the inherent complexity of the meanings and ways in which basic literacy programs have been implemented in Brazil, the aim of this article is to examine the research done in the area that, in the last decade, has used a socio-historical approach (New Studies of Literacy) to investigate this educational process. We will analyze the ways in which the approach has been incorporated in research, and the consequences of such research for the formulation of policies for the organization of Youth and Adult education programs and for these teachers' education.

Nos discursos sobre a educação de jovens e adultos, tanto nacionais como internacionais, a alfabetização é apontada como processo fundamental para a construção de um projeto de sociedade inclusiva e democrática, constituindo-se como requisito necessário para dar continuidade à escolarização, processo que compreende o acesso a bens culturais construídos ao longo da história e a modelos culturais de ação, fundados em saberes, valores e práticas socialmente prestigiados. Porém, o panorama educacional brasileiro nos mostra que a efetivação do direito à educação com qualidade para jovens e adultos é ainda um grande desafio. Diante da complexidade inerente aos sentidos e aos modos como programas de alfabetização de jovens e adultos têm se concretizado no Brasil, este artigo tem como propósito examinar pesquisas no campo da educação de jovens e adultos, que, na última década, lançaram mão da abordagem sócio-histórica do letramento para investigar esse processo educativo. Será analisado o modo como esta abordagem tem sido incorporada na pesquisa, assim como suas consequências para a organização de políticas, programas de alfabetização e formação de professores.
Palavra-chave Literacy research
State of the art
Letramento
Alfabetização
Estado da arte
Idioma Português
Data de publicação 2013-08-01
Publicado em Cadernos CEDES. Centro de Estudos Educação e Sociedade, v. 33, n. 90, p. 177-196, 2013.
ISSN 0101-3262 (Sherpa/Romeo)
Publicador Centro de Estudos Educação e Sociedade
Extensão 177-196
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0101-32622013000200002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0101-32622013000200002 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7910

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0101-32622013000200002.pdf
Tamanho: 113.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta