Avaliação estática do posicionamento escapular em indivíduos normais

Avaliação estática do posicionamento escapular em indivíduos normais

Título alternativo Static evaluation of scapular positioning in healthy individuals
Autor Pontin, José Carlos Baldocchi Autor UNIFESP Google Scholar
Stadniky, Simone Pivaro Autor UNIFESP Google Scholar
Suehara, Paula Tiaki Autor UNIFESP Google Scholar
Costa, Thiago Ragusa Autor UNIFESP Google Scholar
Chamlian, Therezinha Rosane Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: Evaluate the static positioning of the scapula on the rib cage in healthy subjects by means of clinical and radiographic evaluation to assess inter-examiner reliability of clinical examination and verify the reliability of this evaluation method compared to the radiographic examination. METHODS: We selected 30 adult individuals of both sexes with no diagnosis of shoulder pathology. The static clinical examination, following the protocol suggested by Burkhart et al, was performed repeatedly by two independent examiners, followed by the radiographic examination, which was later examined by the first evaluator. RESULTS: 73.3% of the subjects showed positioning of the scapula considered normal. The inter-examiner reliability and that of the clinical examination in relation to radiography were considered low and very low, respectively. CONCLUSION: The reproducibility of the evaluation performed by Burkhart was considered satisfactory to good, while the inter-examiner reproducibility of the clinical examination and the static reproducibility of the clinical examination with radiography were considered poor to satisfactory. Level of Evidence III, Study of Nonconsecutive Patientes.

OBJETIVOS: Avaliar o posicionamento estático da escápula no gradil costal em indivíduos saudáveis, por meio da avaliação clínica e radiográfica, avaliar a confiabilidade interavaliador do exame clínico e verificar a confiabilidade do método de avaliação em comparação ao exame radiográfico. MÉTODOS: Foram selecionados 30 indivíduos adultos de ambos os sexos sem diagnóstico de doenças nos ombros. O exame clínico estático, seguindo o protocolo sugerido por Burkhart e cols., foi realizado repetidamente por 2 examinadores independentes; a seguir, foi realizado o exame radiográfico, que posteriormente foi examinado pelo primeiro avaliador. RESULTADOS: 73,3% dos indivíduos apresentaram o posicionamento da escápula considerado dentro da normalidade. A confiabilidade interavaliador e a confiabilidade do exame clínico em relação à radiografia foram considerados baixa e muito baixa respectivamente. CONCLUSÃO: A reprodutibilidade da avaliação realizada por Burkhart foi considerada de satisfatória a boa, enquanto que a reprodutibilidade inter-avaliador do exame clínico estático e a reprodutibilidade do exame clínico com a radiografia foram consideradas de pobres a satisfatórias. Nível de Evidência III, Estudo de Pacientes não Consecutivos.
Palavra-chave Scapula
Evaluation
Radiography
Humans
Escápula
Avaliação
Radiografia
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2013-08-01
Publicado em Acta Ortopédica Brasileira. Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, v. 21, n. 4, p. 208-212, 2013.
ISSN 1413-7852 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Extensão 208-212
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1413-78522013000400005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000324159600005
SciELO S1413-78522013000400005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7899

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1413-78522013000400005-en.pdf
Tamanho: 383.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S1413-78522013000400005-pt.pdf
Tamanho: 369.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta