Gestão nas escolas médicas e sustentabilidade dos programas de desenvolvimento docente

Gestão nas escolas médicas e sustentabilidade dos programas de desenvolvimento docente

Título alternativo Management in medical schools and sustainability of faculty development programs
Autor Almeida, Maria Tereza Carvalho Google Scholar
Maia, Fernanda Alves Google Scholar
Batista, Nildo Alves Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Estadual de Montes Claros
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The aim of this study was to understand the perception of teachers who work in medical schools that use active methods of teaching / learning about the importance of management performance and sustainability of a Faculty Development Program (PDD). The subjects were 115 medical school teachers in a State University that work with Problem Based Learning (PBL) and Problematization and they have performed many of the roles proposed. The data collected used a questionnaire with statements related to the topic researched and assess the degree of agreement and / or disagreement systematized, classified, tabulated and displayed on graphs. For further research, we used semi-structured interviews, and the data was submitted to thematic analysis. The results indicate weaknesses of management regarding the sustainability of the PDD. Teachers point out that this program will only be effective if the management of the course ensure its sustainability, thereby assuming its importance, institutionalization, planning and support in the implementation and execution. They do not talk about the actions of the managers of this institution in PDD but they do emphasize the unpreparedness of the team, the consequences of this lack of preparation and assumes the need to prepare itself to assume the functions proposed by the active methods. They recognize the formative evaluation as an important management tool and also emphasize that it has not been used effectively. In exercising any of its activities, the manager is constantly an evaluator, therefore, it is believed that if the assessment was being used by managers as an formative instrument of the actors involved and the process of teaching / learning, this research would not have appeared so many weakness in the management, which might allow greater sustainability to the PDD. It is necessary, other studies to broaden this discussion, since it is a topic of great relevance and importance.

O objetivo deste trabalho consistiu em conhecer a percepção dos docentes, que trabalham em escolas médicas que utilizam métodos ativos de ensino/aprendizagem sobre o desempenho e a importância da gestão na sustentabilidade dos Programas de Desenvolvimento Docente (PDD). Os sujeitos desta pesquisa foram 115 professores do curso de medicina de uma Universidade Estadual que trabalham com a Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) e Problematização e já desempenharam as diversas funções docentes propostas. Na coleta de dados utilizamos um questionário com assertivas relacionadas à temática pesquisada e análise do grau de concordância e/ou discordância que foram sistematizadas, classificadas, tabuladas e dispostas em gráficos. Para o aprofundamento da pesquisa, utilizamos a entrevista semi-estruturada, cujos dados foram submetidos à análise temática. Os resultados indicam fragilidades da gestão em relação à sustentabilidade do PDD. Os docentes ressaltam que este programa somente será efetivo se a gestão do curso garantir a sua sustentabilidade, o que implica assumir a sua importância, institucionalização, planejamento e apoio na implantação e execução. Eles não falam sobre a ação dos gestores dessa instituição no PDD, mas enfatizam sim o despreparo dos mesmos, as consequências dessa falta de preparo e assumem a necessidade do próprio preparo para assumir as funções de gestores propostas nos métodos ativos. Eles reconhecem a avaliação formativa como um importante instrumento de gestão, porém destacam que ela não tem sido utilizada de forma efetiva. No exercício de qualquer uma das suas atividades o gestor é constantemente avaliador, portanto, acredita-se que se a avaliação estivesse sendo utilizada pelos gestores como um instrumento formativo dos atores envolvidos e do processo de ensino/aprendizagem, nesta pesquisa, não teriam aparecido tantas fragilidades relativas à gestão, o que possivelmente permitiria maior sustentabilidade ao PDD. São necessários outros estudos que aprofundem esta discussão, uma vez que se trata de um tema de grande relevância e importância.
Palavra-chave Management
Development faculty
Medical education
Problem based learning
Gestão
Desenvolvimento docente
Educação médica
Aprendizagem baseada em problemas
Idioma Português
Data de publicação 2013-07-01
Publicado em Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas). Universidade de Sorocaba, v. 18, n. 2, p. 299-310, 2013.
ISSN 1414-4077 (Sherpa/Romeo)
Publicador Universidade de Sorocaba
Extensão 299-310
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1414-40772013000200004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1414-40772013000200004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7843

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1414-40772013000200004.pdf
Tamanho: 1.843MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta