Práticas democráticas participativas na construção de agendas sociais de desenvolvimento em municípios do sudeste brasileiro

Práticas democráticas participativas na construção de agendas sociais de desenvolvimento em municípios do sudeste brasileiro

Título alternativo Participatory democratic practices in the construction of social development agendas in municipalities in the southeast of Brazil
Autor Westphal, Marcia Faria Google Scholar
Fernandez, Juan Carlos Aneiros Google Scholar
Nascimento, Paulo Roberto Google Scholar
Zioni, Fabiola Google Scholar
André, Lucia Marcia Google Scholar
Mendes, Rosilda Autor UNIFESP Google Scholar
Noronha, Grace Peixoto Google Scholar
Moreira, Rafael Da Silveira Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Centro de Estudos, Pesquisa e Documentação em Cidades Saudáveis
Ministério da Saúde Fundação Oswaldo Cruz Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Resumo We present the results of a study that focused on local processes of implementation of social agendas - Agenda 21 and Healthy Cities - in the Southeast region of Brazil, relating the effort and its effects on the social determinants of health, especially those who may be understood by considering the relationship between social actors and system. There were 6 case studies to analyze the social experience to implement their agenda. Individual and collective interviews, survey documentation and direct observation of the experiences that produced the data were analyzed according to the previously defined research themes. Results show that values such as participation, collective construction of policies, sustainability and empowerment becomes part of the ideology and experience of those directly involved and is interfering so that positive actions have been adopted in the municipalities where they were developed, promoting health and quality of life of citizens living in these places.

Se presentan los resultados de un estudio sobre los procesos locales de desarrollo de agendas sociales - Ciudades Saludables y Agenda 21 - en ciudades de la región sureste de Brasil, relacionando el esfuerzo empleado y sus efectos sobre los determinantes sociales de la salud, especialmente aquellos que se pueden comprender teniendo en cuenta la relación entre actores sociales y sistema. Se realizaron 6 estudios de caso para analizar la experiencia social de implementar las agendas. Entrevistas individuales y colectivas, reunión de documentación y observación directa produjeron los datos que se analizaron en términos de temas de investigación previamente definidos. Los resultados muestran que valores como participación, construcción colectiva de políticas, sostenibilidad y empoderamiento se convierten en parte de la ideología y experiencia de los directamente involucrados y que interfieren para la adopción de acciones positivas, promoviendo la salud y la calidad de vida de los ciudadanos que viven en estos lugares.

Este artigo apresenta os resultados e a análise de um estudo que focalizou os processos locais de implantação das agendas sociais - Cidades Saudáveis e Agenda 21 - em municípios da região Sudeste do Brasil, relacionando o esforço realizado e seus efeitos sobre os determinantes sociais de saúde, especialmente os que podem ser apreendidos considerando-se a relação entre atores sociais e sistema. Realizaram-se estudos de caso em seis municípios para análise da experiência social de implementação da respectiva agenda. Entrevistas individuais e coletivas, levantamento de documentação e observação direta produziram os dados que foram analisados em função de temas de pesquisa previamente definidos. Resultados demonstram que valores como participação, construção coletiva de políticas, sustentabilidade e empoderamento, passam a integrar o ideário e a experiência dos atores diretamente envolvidos, além de interferirem ao ponto de ações positivas serem adotadas e implementadas, para promover a saúde e a qualidade de vida dos cidadãos que vivem nestes locais.
Palavra-chave Social Determinants of Health
21 Agenda
Healthy Cities
Health Promotion
Social participation
Determinantes sociais da saúde
Agenda 21
Cidades saudáveis
Promoção da saúde
Participação social
Idioma Português
Data de publicação 2013-06-01
Publicado em Ambiente & Sociedade. ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade, v. 16, n. 2, p. 103-128, 2013.
ISSN 1414-753X (Sherpa/Romeo)
Publicador ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade
Extensão 103-128
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1414-753X2013000200007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1414-753X2013000200007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7842

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1414-753X2013000200007.pdf
Tamanho: 203.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta