Evaluation of MALDI-TOF MS in the microbiology laboratory

Evaluation of MALDI-TOF MS in the microbiology laboratory

Título alternativo Avaliação da técnica de MALDI-TOF MS no laboratório de microbiologia
Autor Santos, Anderson Fernandes Google Scholar
Cayô, Rodrigo Autor UNIFESP Google Scholar
Schandert, Lygia Autor UNIFESP Google Scholar
Gales, Ana Cristina Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
National Council for Scientific and Technological Development
Brazilian Society of Infectious Diseases Bacteriology Committee
Resumo Rapid identification of microorganisms by the clinical microbiology laboratory is of crucial importance for optimal patients’ management and treatment. In general, bacterial identification by conventional methods requires 18-24 hours for colony isolation and at least 24 additional hours for species identification. New technologies in microbiology have focused on the rapid diagnosis of bloodstream infections, since they are associated with high morbidity and mortality rates.

A rápida identificação de microrganismos no laboratório de microbiologia clínica é de extrema importância para direcionar o manejo e o tratamento de pacientes. Geralmente, a identificação bacteriana por métodos bioquímicos convencionais necessita de 18 a 24 horas para o crescimento e o isolamento da colônia bacteriana e, pelo menos, 24 horas adicionais para a identificação da espécie. Novas tecnologias em microbiologia têm focado no desenvolvimento de métodos relacionados com o diagnóstico rápido das infecções da corrente sanguínea, uma vez que essas infecções são associadas à alta morbimortalidade.
Palavra-chave MALDI-TOF MS
mass spectrometry
blood stream infection
bacterial infections
rapid diagnostic
MALDI-TOF MS
espectrometria de massa
infecção da corrente sanguínea
infecções bacterianas
diagnóstico rápido
Idioma Inglês
Data de publicação 2013-06-01
Publicado em Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial. Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia, v. 49, n. 3, p. 191-197, 2013.
ISSN 1676-2444 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia
Extensão 191-197
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1676-24442013000300006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1676-24442013000300006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7821

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1676-24442013000300006.pdf
Tamanho: 204.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta