Perguntas mínimas para rastrear dependência em atividades da vida diária em idosos

Perguntas mínimas para rastrear dependência em atividades da vida diária em idosos

Título alternativo Screening for dependence in activities of daily living in the elderly: minimum set of questions
Preguntas necesarias para rastrear dependencia en actividades de la vida diaria en ancianos
Autor Ramos, Luiz Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Andreoni, Solange Autor UNIFESP Google Scholar
Coelho-Filho, João Macedo Google Scholar
Lima-Costa, Maria Fernanda Google Scholar
Matos, Divane Leite Google Scholar
Rebouças, Monica Google Scholar
Veras, Renato Peixoto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal do Ceará. Fortaleza Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Clínica
Fundação Oswaldo Cruz Centro de Pesquisas René Rachou
Universidade do Estado do Rio de Janeiro Universidade Aberta da Terceira Idade
Resumo OBJECTIVE:To analyze non-redundant questions on independence in activities of daily living in the elderly, representing the spectrum of dependency.METHODS:Multicenter project with a probabilistic population sample of 5,371 elderly residents in São Paulo, SP, Rio de Janeiro, RJ, Fortaleza, CE and Bambui, MG in 2008. A household survey was carried out and a questionnaire with 20 activities of daily living applied for the elderly to self-assess the difficulty/need for help in performing them. The responses were analyzed according to: the prevalence of some kind of difficulty/need for help for each activities of daily living, the frequency of non-response, and the grouping of activities in factor analysis.RESULTS:The personal activities (e.g., dressing) have, on average, a low prevalence of difficulty or need for help, compared to instrumental activities (e.g., shopping), and have lower rates of non- response. In factor analysis it was possible to identify three factors grouping the activities of daily living: one relative to mobility (e.g., walking 100 m), another for personal needs (e.g., bathing) and one relative to what someone else can do for the elderly (e.g., washing clothes). The activities of daily living with the highest eigenvalues in each group were also analyzed in the light of the prevalence of reported need for help and the proportion of non response. Three activities of daily living were selected as representing the spectrum of dependency and being well understood by the elderly - getting out of bed, bathing and walking 100 m.CONCLUSIONS:With only three activities of daily living we can have a simple and reliable screening instrument capable of identifying elderly in need of help in daily life. Estimating demand for care on a daily basis is an important indicator for planning and administration of health services within the paradigm of chronic diseases and population aging.

OBJETIVO:Analizar aspectos no redundantes sobre independencia en las actividades de la vida diaria de ancianos que representen el espectro de dependencia en ancianos.MÉTODOS:Proyecto multicéntrico con muestra poblacional probabilística de 5.371 ancianos residentes en São Paulo, SP, Rio de Janeiro, RJ, Bambuí, MG y Fortaleza, CE, (Brasil), en 2008. Se realizó pesquisa domiciliar y se aplicó cuestionario con 20 actividades de la vida diaria de los ancianos para auto-evaluación de la dificultad/necesidad de ayuda para realizarlas. Las respuestas fueron analizadas de acuerdo a: la prevalencia de alguna dificultad o necesidad de ayuda en cada actividad de la vida diaria; la frecuencia de respuesta no válidas; y el agrupamiento de las actividades en un análisis factorial.RESULTADOS:Las actividades personales (ej: vestirse) tuvieron prevalencia de dificultad o necesidad de ayuda referida baja al compararse con las actividades instrumentales (ej: hacer compras), además de tener tasas de respuestas: inválidas más bajas. Se identificaron tres factores de agrupamiento de las actividades de la vida diaria: movilidad (andar 100m); necesidades personales (bañarse) y lo que otra persona puede hacer por el anciano (lavar ropa). Las actividades de la vida diaria con mayores auto-valores en cada grupo fueron analizadas a la luz de la prevalencia de necesidad de ayuda referida y de la proporción de respuestas válidas. Tres actividades fueron seleccionadas como representativas del espectro de dependencia y bien comprendidas por los ancianos: levantar de la cama, bañarse y andar 100 m.CONCLUSIONES:Con tres actividades de la vida diaria podemos tener un instrumento de rastreo simple y confiable capaz de identificar ancianos con necesidad de ayuda en el día a día. La estimativa de demanda por cuidados en la vida diaria es un indicador importante para la planificación y gestión de los servicios de salud dentro del paradigma de las enfermedades crónicas y del envejecimiento poblacional.

OBJETIVO:Analisar questões não redundantes sobre independência nas atividades da vida diária de idosos que representem o espectro de dependência em idosos.MÉTODOS:Projeto multicêntrico com amostra populacional probabilística de 5.371 idosos residentes em São Paulo, SP, Rio de Janeiro, RJ, Bambuí, MG, e Fortaleza, CE, em 2008. Foi realizado inquérito domiciliar e aplicado questionário com 20 atividades da vida diária dos idosos para autoavaliação da dificuldade/necessidade de ajuda para realizá-las. As respostas foram analisadas segundo: a prevalência de alguma dificuldade ou necessidade de ajuda para cada atividade da vida diária; a frequência de não resposta; e o agrupamento das atividades numa análise fatorial.RESULTADOS:As atividades pessoais (e.g., vestir-se) tiveram prevalência de dificuldade ou necessidade de ajuda referida baixa quando comparadas às atividades instrumentais (e.g., fazer compras), além de terem taxas de respostas inválidas mais baixas. Foram identificados três fatores de agrupamento das atividades da vida diária: mobilidade (andar 100 m); necessidades pessoais (tomar banho); e o que outra pessoa pode fazer pelo idoso (lavar roupa). As atividades da vida diária com maiores autovalores em cada grupo foram analisadas à luz da prevalência de necessidade de ajuda referida e da proporção de respostas válidas. Três atividades foram selecionadas como representativas do espectro de dependência e bem compreendidas pelos idosos: levantar da cama, banhar-se e andar 100 m.CONCLUSÕES:Com três atividades da vida diária podemos ter um instrumento de rastreio simples e confiável capaz de identificar idosos com necessidade de ajuda no dia a dia. A estimativa de demanda por cuidados na vida diária é um indicador importante para o planejamento e gestão dos serviços de saúde dentro do paradigma das doenças crônicas e do envelhecimento populacional.
Palavra-chave Aged
Personal Autonomy
Activities of Daily Living
Questionnaires
Diagnostic Techniques and Procedures
Multicenter Studies as Topic
Idoso
Autonomia Pessoal
Atividades Cotidianas
Questionários
Técnicas e Procedimentos Diagnósticos
Estudos Multicêntricos como Assunto
Idioma Português
Data de publicação 2013-06-01
Publicado em Revista de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, v. 47, n. 3, p. 506-513, 2013.
ISSN 0034-8910 (Sherpa/Romeo)
Publicador Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Extensão 506-513
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-8910.2013047004325
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-89102013000300506 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7811

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-89102013000300506.pdf
Tamanho: 56.41KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta