Disfluências e velocidade de fala em produção espontânea e em leitura oral em indivíduos gagos e não gagos

Disfluências e velocidade de fala em produção espontânea e em leitura oral em indivíduos gagos e não gagos

Título alternativo Disfluencies and speech rate in spontaneous production and in oral reading in people who stutter and who do not stutter
Autor Pinto, Joana Cecilia Baptista Ramalho Autor UNIFESP Google Scholar
Schiefer, Ana Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Ávila, Clara Regina Brandão de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To investigate and characterize temporal parameters of speech in spontaneous situation and in oral reading in people who stutter and who do not stutter, and investigate the relation among these variables. METHODS: Thirty participants aged between 17 and 59 years, with a minimum of 08 years of scholar education, constituted the Study Group, composed by 15 people who stutter and the Control Group with 15 people who did not stutter. Subjects on the Control and Study Group were matched by gender, age and education level. After anamnesis it was made: brief neuropsychological assessment, specific stuttering assessment and specific oral reading assessment. Disfluencies were analyzed and it was calculated speech rate on spontaneous production and oral reading. RESULTS: There were more disfluencies in spontaneous speech than in text oral reading in both groups. As to speech rate, in the Control Group, pseudoword and text reading were positively correlated, and in the Study Group, all variables were positively correlated. CONCLUSION: Speech rate and disfluencies analysis characterized both groups, either in spontaneous speech and reading situations which evidenced performance profiles differentiated by speech rate, frequency and disfluency typology. Investigation showed that people who stutter present lower values of speech rate, as well as higher occurrence of disfluencies, either on spontaneous speech and oral reading, in comparison to people who do not stutter.

OBJETIVO: Investigar e caracterizar a velocidade de fala e as rupturas da fala em situação espontânea e em leitura oral, em indivíduos gagos e não gagos e investigar a relação entre essas variáveis. MÉTODOS: Trinta participantes com idades entre 17 e 59 anos e, no mínimo, oito anos de escolaridade, constituíram o Grupo Estudo, com 15 indivíduos gagos, e o Grupo Controle, com 15 indivíduos não gagos. Os indivíduos do Grupo Controle e do Grupo Estudo foram pareados por idade, gênero e nível de escolaridade. Após anamnese, foram realizadas as seguintes avaliações: neuropsicológica breve, específica da gagueira e específicas da leitura. As disfluências foram analisadas e calculou-se a velocidade da fala espontânea e na leitura oral. RESULTADOS: Ocorreram mais disfluências na fala espontânea que na leitura oral de texto, em ambos os grupos. Em relação à velocidade, no Grupo Controle, a leitura de pseudopalavras e de texto correlacionaram-se positivamente e no Grupo Estudo, todas as variáveis correlacionaram-se positivamente. CONCLUSÃO: A análise da velocidade e das rupturas de fala caracterizou ambos os grupos, tanto em situação de fala espontânea, quanto na leitura que evidencia perfis de desempenho diferenciados pela velocidade de fala, frequência e tipologia das rupturas. A investigação demonstra que indivíduos gagos apresentaram valores mais baixos de velocidade, assim como maior ocorrência de disfluências, tanto na fala espontânea quanto na leitura oral, em comparação com indivíduos não gagos.
Palavra-chave Stuttering
Speech
Reading
Speech, Language and Hearing Sciences
Mental processes
Gagueira
Fala
Leitura
Fonoaudiologia
Processos mentais
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Data de publicação 2013-06-01
Publicado em Audiology - Communication Research. Academia Brasileira de Audiologia, v. 18, n. 2, p. 63-70, 2013.
ISSN 2317-6431 (Sherpa/Romeo)
Publicador Academia Brasileira de Audiologia
Extensão 63-70
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S2317-64312013000200003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S2317-64312013000200003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7808

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S2317-64312013000200003.pdf
Tamanho: 353.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta