Política de Saúde do Trabalhador: revisitando o caso do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Campinas

Política de Saúde do Trabalhador: revisitando o caso do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Campinas

Título alternativo Occupational Health Policy: revisiting the case of Workers' Reference Centre in Campinas, São Paulo, Brazil
Autor Medeiros, Maria Angélica Tavares de Autor UNIFESP Google Scholar
Salerno, Vera Lúcia Google Scholar
Silvestre, Mírian Pedrollo Google Scholar
Magalhães, Lilian Vieira Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Prefeitura Municipal de Campinas Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador
Western University Faculty of Health Sciences
Resumo INTRODUCTION: The Regional Occupational Health Reference Center (Cerest) opened in Campinas, São Paulo State, Brazil, in 1986, as a union demand. OBJECTIVE: To analyse the trajectory of Cerest-Campinas comparing the challenges identified in a 2001 study with the 2012 reality. METHODS: Secondary analysis was carried out comparing the current moment with data from 2001. For content analysis, the authors recorded Cerest workers' reflections and testimonies in a field notebook. RESULTS: Although there are structural limitations concerning Surveillance, especially regarding marginalization of the Occupational Health Policy, there has been progress in Health Care. Neverthless, the obstacles faced in 2001 are greater nowadays. Difficulties in management and financing coupled with municipal administration problems caused a crisis culminating in a movement In defence of Cerest (2011). As in the previous study, a relevant fact was the degree of personal involvement of Cerest workers, as they, in spite of all difficulties, kept resisting. CONCLUSION: Cerest survives amidst contradictions, and challenges remain. The threat of its closing called back the commitment of historical actors (professionals and unions) involved, suggesting possibilities, which, depending on rearrangement of political institutional powers, can consolidate workers' health policy, in local and nationwide levels.

INTRODUÇÃO: O Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (Cerest) de Campinas nasceu em 1986 como demanda sindical. OBJETIVO: Este artigo analisou a trajetória do Cerest-Campinas, cotejando desafios identificados em estudo de 2001 com a realidade de 2012. MÉTODOS: utilizou-se análise secundária, comparando-se os dados de 2001 com o momento atual. Em caderno de campo registraram-se reflexões e depoimentos de profissionais para análise de conteúdo. RESULTADOS: Embora a vigilância apresente limitações estruturais relacionadas à marginalização da política de Saúde do Trabalhador, houve avanços na assistência. No entanto, os óbices verificados em 2001 se agravaram atualmente. Dificuldades na gestão e no financiamento, aliadas a problemas e mudanças na administração municipal, geraram uma crise que, em 2011, ensejou o movimento Em defesa do Cerest. Chamou a atenção, igualmente ao estudo anterior, o grau de envolvimento da equipe que, não obstante os impasses, segue enfrentando os problemas. CONCLUSÃO: O Cerest sobrevive no seio de contradições e grandes desafios permanecem. A ameaça de fechamento reacendeu o compromisso dos sujeitos historicamente envolvidos (profissionais e sindicatos), sugerindo possibilidades que, a depender do rearranjo de forças político-institucionais, podem colaborar na consolidação da política de Saúde do Trabalhador nos planos local e nacional.
Palavra-chave occupational health
occupational health services
health policy
Brazilian Unified Health System
saúde do trabalhador
serviços de saúde do trabalhador
política de saúde
Sistema Único de Saúde
Idioma Português
Data de publicação 2013-06-01
Publicado em Revista Brasileira de Saúde Ocupacional. Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO, v. 38, n. 127, p. 81-91, 2013.
ISSN 0303-7657 (Sherpa/Romeo)
Publicador Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO
Extensão 81-91
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0303-76572013000100011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0303-76572013000100011 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7799

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0303-76572013000100011.pdf
Tamanho: 142.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta