Resultados em longo prazo da cirurgia endoscópica nasossinusal no tratamento da rinossinusite crônica com e sem pólipos nasais

Resultados em longo prazo da cirurgia endoscópica nasossinusal no tratamento da rinossinusite crônica com e sem pólipos nasais

Título alternativo Long-term outcomes of endoscopic sinus surgery for chronic rhinosinusitis with and without nasal polyps
Autor Mascarenhas, Juliana Gama Autor UNIFESP Google Scholar
Fonseca, Viviane Maria Guerreiro da Google Scholar
Chen, Vitor Guo Google Scholar
Itamoto, Caroline Harumi Google Scholar
Silva, Camila Atallah Pontes da Autor UNIFESP Google Scholar
Gregório, Luiz Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Kosugi, Eduardo Macoto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Chronic rhinosinusitis (CRS) significantly affects patient quality of life. Medical and surgical treatments aim to clinically manage the condition. OBJECTIVE: To assess the long-term quality of life and clinical management of CRS in patients submitted to endoscopic sinus surgery. METHOD: This prospective cross-sectional cohort study enrolled 38 patients and looked into the follow-up data of subjects diagnosed with CRS before surgery, three months after surgery, and at least two years after surgery. The Sinonasal Outcome Test 22 (SNOT-22) was used to assess response to treatment and long-term clinical management of the disease. RESULTS: Significant improvements in the SNOT-22 scores were seen between the preoperative (61.3) and postoperative assessments with three (16.9) and 24 (32.3) months. No statistically significant differences were seen when patients with polyps were compared to polyp-free subjects. Few patients were controlled in both groups, and 7.89% of the subjects had revision surgery during the study. CONCLUSION: Endoscopic sinus surgery significantly improved the quality of life of patients with chronic rhinosinusitis. Clinical control of the condition was acceptable, with few patients requiring re-operation within two years of the first surgery.

Rinossinusite crônica (RSC) afeta significativamente a qualidade de vida e o tratamento clínico e cirúrgico visa apenas seu controle clínico. OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida e o controle clínico da RSC em longo prazo em pacientes submetidos à cirurgia endoscópica nasossinusal. MÉTODO: Estudo observacional longitudinal prospectivo que seguiu pacientes com diagnóstico clínico de RSC no pré-operatório, pós-operatório de 3 meses e depois por no mínimo 2 anos após cirurgia nasossinusal endoscópica com a utilização do questionário Sinonasal Outcome Test 22 (SNOT-22) como principal medida de resposta ao tratamento, além da avaliação do controle clínico a longo prazo. RESULTADOS: Trinta e oito pacientes foram avaliados em todos os intervalos. Houve uma grande melhora dos valores do SNOT-22 entre o pré-operatório (61,3) e o pós-operatório de 3 (16,9) e 24 meses (32,3). Não houve diferença estatisticamente significante entre os pacientes com e sem pólipos nasais. Nota-se pouca proporção de pacientes controlados em ambos os grupos, e 7,89% foram submetidos à cirurgia revisional no período estudado. CONCLUSÃO: A cirurgia endoscópica nasossinusal promoveu importante melhora da qualidade de vida nos pacientes com rinossinusite crônica, atingindo controle clínico aceitável com baixa necessidade de reintervenção cirúrgica, mesmo após dois anos de seguimento pós-operatório.
Palavra-chave nasal polyps
natural orifice endoscopic surgery
quality of life
sinusitis
treatment outcome
cirurgia endoscópica por orifício natural
pólipos nasais
qualidade de vida
resultado de tratamento
sinusite
Idioma Português
Data de publicação 2013-06-01
Publicado em Brazilian Journal of Otorhinolaryngology. Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial, v. 79, n. 3, p. 306-311, 2013.
ISSN 1808-8694 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial
Extensão 306-311
Fonte http://dx.doi.org/10.5935/1808-8694.20130055
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000321030800008
SciELO S1808-86942013000300008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7798

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1808-86942013000300008.pdf
Tamanho: 845.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta