Efeito da oxigenação hiperbárica em lesão ototóxica produzida pela amicacina em cobaias

Efeito da oxigenação hiperbárica em lesão ototóxica produzida pela amicacina em cobaias

Título alternativo The effects of hyperbaric oxygen therapy upon ototoxic injuries produced by amikacin in guinea pigs
Autor Amora, Luciana de Albuquerque Salviano Google Scholar
Murashima, Adriana de Andrade Batista Google Scholar
Rossato, Maria Google Scholar
Moreira, Márcia Bento Google Scholar
Hyppolito, Miguel Ângelo Google Scholar
Fagundes, Djalma José Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal do Vale do São Francisco Colegiado de Medicina Veterinária
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Hyperbaric oxygen therapy (HBOT) has enhanced the prevention and treatment of auditory ailments such as ototoxicity. OBJECTIVE: To study the effects of HBOT upon ototoxic injuries produced by amikacin. METHOD: This experimental study included 12 albino guinea pigs, whose auditory function was assessed through distortion product otoacoustic emissions (DPOAEs) and brainstem auditory evoked potentials (BAEPs) before and after the administration of amikacin (600 mg/kg/day) and HBOT sessions (2 ATA, 60 minutes). Morphological features were analyzed through scanning electron microscopy. Subjects were divided into four groups, as follows: group 1 - saline solution + HBOT; group 2 - amikacin for 8 days; group 3 - amikacin + seven days of rest; and group 4 - amikacin + HBOT. RESULTS: Group 1 subjects had preserved function and morphology throughout the experiment; Group 2 subjects had statistically significant levels of hair cell injury and functional impairment; Subjects on groups 3 and 4 had statistically significant functional and morphological impairment after the administration of amikacin, which were still present after the proposed procedures had been carried out. CONCLUSION: Hyperbaric oxygen therapy did not change the cochlear hair cell morphology or the electro-physiological thresholds of the guinea pigs given amikacin.

A oxigenação hiperbárica têm favorecido a prevenção e o tratamento de afecções auditivas como a ototoxicidade. OBJETIVO: Estudar os efeitos da oxigenação hiperbárica em lesão ototóxica promovida pela amicacina. Forma de estudo: Experimental. MÉTODO: Avaliados aspectos funcionais de 12 cobaias albinas por meio das emissões otoacústicas produtos de distorção e do potencial evocado auditivo de tronco encefálico, antes e após o uso de amicacina (600 mg/kg/dia) e das sessões com oxigenação hiperbárica (2 ATA, 60 minutos). Aspectos morfológicos foram avaliados por meio de microscopia eletrônica de varredura. Grupos de estudo com três animais: grupo 1 - solução salina + oxigenação hiperbárica; grupo 2 - amicacina 8 dias; grupo 3 - amicacina + 7 dias de repouso e grupo 4 - amicacina + oxigenação hiperbárica. RESULTADOS: Grupo 1 apresentou preservação da funcionalidade e da morfologia durante todo experimento. Grupo 2 demonstrou, ao final do experimento, lesões estatisticamente significantes das células ciliadas com alterações funcionais. Grupos 3 e 4 apresentaram alterações estatisticamente significantes dos aspectos funcionais e morfológicos após o uso da amicacina, mantendo estas alterações após os procedimentos propostos. CONCLUSÃO: A oxigenação hiperbárica não promoveu alterações na morfologia das células ciliadas da cóclea e aos limiares eletrofisiológicos das cobaias submetidas à amicacina.
Palavra-chave amikacin
cochlea
guinea pigs
hyperbaric oxygenation
amicacina
cobaias
cóclea
oxigenação hiperbárica
Idioma Português
Data de publicação 2013-06-01
Publicado em Brazilian Journal of Otorhinolaryngology. Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial, v. 79, n. 3, p. 342-348, 2013.
ISSN 1808-8694 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial
Extensão 342-348
Fonte http://dx.doi.org/10.5935/1808-8694.20130060
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000321030800013
SciELO S1808-86942013000300013 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7745

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1808-86942013000300013.pdf
Tamanho: 777.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta