Quando a fase de equilíbrio pode ser suprimida nos exames de tomografia computadorizada de abdome?

Quando a fase de equilíbrio pode ser suprimida nos exames de tomografia computadorizada de abdome?

Título alternativo What is the real role of the equilibrium phase in abdominal computed tomography?
Autor Salvadori, Priscila Silveira Autor UNIFESP Google Scholar
Costa, Manuel Cerqueira Autor UNIFESP Google Scholar
Romano, Ricardo Francisco Tavares Autor UNIFESP Google Scholar
Galvão, Breno Vitor Tomaz Autor UNIFESP Google Scholar
Monjardim, Rodrigo da Fonseca Autor UNIFESP Google Scholar
Bretas, Elisa Almeida Sathler Autor UNIFESP Google Scholar
Rios, Lucas Torres Autor UNIFESP Google Scholar
Shigueoka, David Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Caldana, Rogerio Pedreschi Autor UNIFESP Google Scholar
D'Ippolito, Giuseppe Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Hospital São Luiz
Resumo OBJECTIVE: To evaluate the role of the equilibrium phase in abdominal computed tomography. MATERIALS AND METHODS: A retrospective, cross-sectional, observational study reviewed 219 consecutive contrast-enhanced abdominal computed tomography images acquired in a three-month period, for different clinical indications. For each study, two reports were issued - one based on the initial analysis of non-contrast-enhanced, arterial and portal phases only (first analysis), and a second reading of these phases added to the equilibrium phase (second analysis). At the end of both readings, differences between primary and secondary diagnoses were pointed out and recorded, in order to measure the impact of suppressing the equilibrium phase on the clinical outcome for each of the patients. The extension of the exact Fisher's test was utilized to evaluate the changes in the primary diagnosis (p < 0.05 as significant). RESULTS: Among the 219 cases reviewed, the absence of the equilibrium phase determined change in the primary diagnosis in only one case (0.46%; p > 0.999). As regards secondary diagnoses, changes after the second analysis were observed in five cases (2.3%). CONCLUSION: For clinical scenarios such as cancer staging, acute abdomen and investigation for abdominal collections, the equilibrium phase is dispensable and does not offer any significant diagnostic contribution.

OBJETIVO: Avaliar a necessidade de realização da fase de equilíbrio nos exames de tomografia computadorizada de abdome. MATERIAIS E MÉTODOS: Realizou-se estudo retrospectivo, transversal e observacional, avaliando 219 exames consecutivos de tomografia computadorizada de abdome com contraste intravenoso, realizados num período de três meses, com diversas indicações clínicas. Para cada exame foram emitidos dois pareceres, um avaliando o exame sem a fase de equilíbrio (primeira análise) e o outro avaliando todas as fases em conjunto (segunda análise). Ao final de cada avaliação, foi estabelecido se houve mudança nos diagnósticos principais e secundários, entre a primeira e a segunda análise. Foi utilizada a extensão do teste exato de Fisher para avaliar a modificação dos diagnósticos principais (p < 0,05 como significante). RESULTADOS: Entre os 219 casos avaliados, a supressão da fase de equilíbrio provocou alteração no diagnóstico principal em apenas um exame (0,46%; p > 0,999). Com relação aos diagnósticos secundários, cinco exames (2,3%) foram modificados. CONCLUSÃO: Para indicações clínicas como estadiamento tumoral, abdome agudo e pesquisa de coleção abdominal, a fase de equilíbrio não acrescenta contribuição diagnóstica expressiva, podendo ser suprimida dos protocolos de exame.
Palavra-chave X-ray computed tomography
Ionizing radiation
Neoplasm staging
Acute abdomen
Tomografia computadorizada por raio X
Radiação ionizante
Estadiamento de neoplasias
Abdome agudo
Idioma Português
Data de publicação 2013-04-01
Publicado em Radiologia Brasileira. Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, v. 46, n. 2, p. 65-70, 2013.
ISSN 0100-3984 (Sherpa/Romeo)
Publicador Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Extensão 65-70
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-39842013000200008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-39842013000200008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7720

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-39842013000200008.pdf
Tamanho: 238.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta