Risk factors of age-related macular degeneration in Argentina

Risk factors of age-related macular degeneration in Argentina

Título alternativo Fatores de risco para degeneração macular relacionada à idade na Argentina
Autor Nano, María Eugenia Google Scholar
Lansingh, Van Charles Google Scholar
Pighin, María Soledad Google Scholar
Zarate, Natalia Google Scholar
Nano, Hugo Google Scholar
Carter, Marissa Janine Google Scholar
Furtado, João Marcello Autor UNIFESP Google Scholar
Nano, Clelia Crespo Google Scholar
Vernengo, Luciana Fiocca Google Scholar
Luna, José Domingo Google Scholar
Eckert, Kristen Allison Google Scholar
Instituição Fundación Hugo Nano
International Agency for the Prevention of Blindness
Hospital Distrital Lago Argentino Dr José Formenti
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Centro Privado de Ojos Romagosa-Fundación VER Córdoba
Resumo PURPOSES: To assess the risk factors of age-related macular degeneration in Argentina using a case-control study. METHODS: Surveys were used for subjects' antioxidant intake, age/gender, race, body mass index, hypertension, diabetes (and type of treatment), smoking, sunlight exposure, red meat consumption, fish consumption, presence of age-related macular degeneration and family history of age-related macular degeneration. Main effects models for logistic regression and ordinal logistic regression were used to analyze the results. RESULTS: There were 175 cases and 175 controls with a mean age of 75.4 years and 75.5 years, respectively, of whom 236 (67.4%) were female. Of the cases with age-related macular degeneration, 159 (45.4%) had age-related macular degeneration in their left eyes, 154 (44.0%) in their right eyes, and 138 (39.4%) in both eyes. Of the cases with age-related macular degeneration in their left eyes, 47.8% had the dry type, 40.3% had the wet type, and the type was unknown for 11.9%. The comparable figures for right eyes were: 51.9%, 34.4%, and 13.7%, respectively. The main effects model was dominated by higher sunlight exposure (OR [odds ratio]: 3.3) and a family history of age-related macular degeneration (OR: 4.3). Other factors included hypertension (OR: 2.1), smoking (OR: 2.2), and being of the Mestizo race, which lowered the risk of age-related macular degeneration (OR: 0.40). Red meat/fish consumption, body mass index, and iris color did not have an effect. Higher age was associated with progression to more severe age-related macular degeneration. CONCLUSION: Sunlight exposure, family history of age-related macular degeneration, and an older age were the significant risk factors. There may be other variables, as the risk was not explained very well by the existing factors. A larger sample may produce different and better results.

OBJETIVO: Determinar os fatores de risco para degeneração macular relacionada à idade na Argentina utilizando um estudo caso-controle. MÉTODOS: Questionários foram usados para a obtenção de informações dos participantes em relação à ingesta de antioxidantes, idade/sexo, raça, índice de massa corporal, hipertensão, diabetes (e tipo de tratamento), tabagismo, exposição à luz solar, consumo de carne vermelha/peixe, presença de degeneração macular relacionada à idade e história familiar de degeneração macular relacionada à idade. Modelos de efeito principal para regressão logística e regressão logística ordinal foram usados para analisar os resultados. RESULTADOS: Foram recrutados 175 casos e 175 controles com uma média de idade de 75,4 anos e 75,5, respectivamente, dos quais 236 (67,4%) eram mulheres. Cento e cinquenta e nove (45,4%) tinham degeneração macular relacionada à idade em seus olhos esquerdos, 154 (44,0%) em seus olhos direitos, e 138 (39,4%) em ambos os olhos. Entre os casos de degeneração macular relacionada à idade no olho esquerdo, 47,8% apresentavam o tipo seca, 40,3% o tipo úmida, e o tipo era desconhecido em 11,9%. Os achados para os olhos direitos foram: 51,9%, 34,4% e 13,7%, respectivamente. O modelo de efeito principal foi dominado por maior exposição à luz solar (OR [odds ratio]: 3,3) e história familiar de degeneração macular relacionada à idade (OR: 4,3). Outros fatores incluindo hipertensão (OR: 2,1), tabagismo (OR: 2,2), e pertencente à raça mestiça, que diminuiram o risco de degeneração macular relacionada à idade (OR: 0,40). Consumo de carne vermelha e de peixe, índice de massa corporal e coloração da íris não foram fatores de risco. Idade avançada foi associada com progressão para degeneração macular relacionada à idade mais grave. CONCLUSÃO: Exposição à luz solar, história familiar de degeneração macular relacionada à idade, e idade avançada foram os fatores de risco significativos. Podem existir outras variáveis, já que os riscos não foram bem explicados pelos fatores existentes. Um maior tamanho amostral poderia produzir resultados diferentes e melhores.
Palavra-chave Age-related macular degeneration
Risk factors
Sunlight exposure
Family history
Argentina
Case-control study
Degeneração macular relacionada à idade
Fatores de risco
Exposição solar
História familiar
Argentina
Estudo caso-controle
Idioma Inglês
Data de publicação 2013-04-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 76, n. 2, p. 80-84, 2013.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 80-84
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492013000200005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492013000200005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7707

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492013000200005.pdf
Tamanho: 189.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta