Revalorização do modelo de miles: lições das teorias de redes para decisões estratégicas

Revalorização do modelo de miles: lições das teorias de redes para decisões estratégicas

Título alternativo Revaluating the miles model: the networks theories lessons for strategic decisons
Autor Giglio, Ernesto Michelangelo Google Scholar
Onusic, Luciana Massaro Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Paulista
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The objective of this work is to revaluate the Miles' strategy model, which was presented in 1970, and insert it in a theoretical frame of business networks, since both the original author and posterior works put the uncertainty of the environment and the relations between companies as the foundation for strategic decision, which are principles of the network theories. The lead proposition is that the option for one of four strategies from the model by small businesses can be explained by its connections in the network in which they are immersed. The argument is sustained by the analysis of the convergence of international articles about the basis and capacities of the model and by the analysis of brazilian researches with small businesses, in which the model was applied, searching for its relations with demographic, economic and companies' resources variables. Our interpretation is that these works have utilized the principles of networks, although not explicitly. The article creates a theoretical benefit with the support of the network theory for the model; it creates a methodological benefit by indicating that the network variables, such as centrality, density, flow content and commitment, would be the main antecedents to determining the strategic position of the company; and it creates a managerial benefit by presenting a model which is applicable to small businesses, with the capacity of distinguishing between the four strategies, in other words, it is possible to determine the strategy that the company is following, even when it is not made explicit by its managers and the possibilities of movement to new positions.

O objetivo do trabalho é revalorizar o modelo de estratégias de Miles e colaboradores, que foi apresentado na década de 1970, e colocá-lo num quadro teórico de redes de negócios, já que tanto os autores originais, quanto os trabalhos posteriores colocam as incertezas do meio e as relações entre empresas, que são princípios valorizados nas teorias de redes, como o fundamento para as decisões estratégicas. A proposição orientadora é que a opção dos pequenos empresários por uma das quatro estratégias do modelo pode ser explicada a partir de suas conexões na rede em que estão imersos. O argumento é sustentado pela análise das convergências de artigos internacionais sobre as bases e capacidades do modelo e pela análise de pesquisas brasileiras com pequenas empresas, nas quais o modelo foi aplicado, buscando suas relações com variáveis demográficas, econômicas e de recursos das empresas. A interpretação é que esses trabalhos utilizaram os princípios de redes, embora não o tivessem explicitado. O artigo oferece um benefício teórico, com o suporte da teoria de redes para o modelo de Miles; oferece um benefício metodológico ao indicar que as variáveis de rede, tais como centralidade, densidade, conteúdo de fluxo e comprometimento, seriam as antecedentes principais para a determinação da posição estratégica da empresa e cria um benefício gerencial, ao apresentar um modelo que é aplicável a pequenas empresas, com capacidade de distinção entre as quatro estratégicas, ou seja, é possível determinar a estratégia que a empresa está seguindo, mesmo que não explicitada pelos seus dirigentes e indicar as possibilidades de movimentos para novas posições.
Palavra-chave Strategy
Network Theory
Miles' Strategy Model
Estratégia
Teoria de Redes
Modelo de Estratégia de Miles
Idioma Português
Data de publicação 2013-04-01
Publicado em REAd. Revista Eletrônica de Administração (Porto Alegre). Escola de Administração da UFRGS, v. 19, n. 1, p. 192-218, 2013.
ISSN 1413-2311 (Sherpa/Romeo)
Publicador Escola de Administração da UFRGS
Extensão 192-218
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1413-23112013000100008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1413-23112013000100008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7691

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1413-23112013000100008.pdf
Tamanho: 179.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta