Parental role conflict: the nursing diagnosis in mothers of hospitalized newborns

Parental role conflict: the nursing diagnosis in mothers of hospitalized newborns

Título alternativo Conflicto de rol parental: validación clínica de los diagnósticos de enfermería en las madres de recién nacidos hospitalizados
Diagnóstico de enfermagem conflito no desempenho do papel de mãe em mães de recém-nascidos hospitalizados
Autor Carmona, Elenice Valentim Autor UNIFESP Google Scholar
Vale, Ianê Nogueira do Google Scholar
Ohara, Conceicao Vieira da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Abrão, Ana Cristina Freitas de Vilhena Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To verify if mothers of newborns hospitalized recognize the defining characteristics of parental role conflict as representative of that experience. METHODS: A cross-sectional and descriptive study, developed in a neonatal unit of a public teaching hospital in the state of São Paulo. The sample consisted of 100 women who assigned scores of 1 to 5 to the defining characteristics of the diagnosis, where 1 meant not at all characteristic and 5 meant completely characteristic of what I am experiencing. RESULT: Of the total sample, 96 women self-identified with the diagnosis. The most prevalent defining characteristics were: anxiety, mother expresses concern(s) in relation to changes in maternal role; verbalizes feelings of frustration, reports concern about family and fear. Women who were with their children less often during hospitalization had a higher number of defining characteristics. CONCLUSION: There was a high prevalence of the defining characteristics of the studied diagnosis, suggesting the relevance of the topic and the need for further studies to be developed in the neonatal unit.

OBJETIVO: Verificar si las madres de los recién nacidos hospitalizados reconocen las características definitorias de conflicto de rol parental como representativas de esa experiencia. MÉTODOS: Estudio transversal y descriptivo realizado en una unidad neonatal de un hospital de enseñanza pública en el estado de São Paulo. La muestra consistió en 100 mujeres que le asignaron puntuaciones de 1 a 5 para las características que definen el diagnóstico, en la que 1 significa nada característico y 5 significa completamente característico de lo que estoy viviendo. RESULTADOS: De la muestra total, 96 mujeres se auto-identificaron con el diagnóstico. Las características más comunes que definen fueron: ansiedad,expresa preocupación por los cambios en el rol parental,expresa sentimientos de frustración,expresa preocupación sobre la familia (p. ej., funcionamiento, comunicación, salud),y temor. Las mujeres que estaban con sus hijos con menor frecuencia durante la hospitalización tenían un mayor número de características definitorias. CONCLUSIÓN: Se observó una alta prevalencia de las características definitorias del diagnóstico estudiado, lo que sugiere la relevancia del tema y la necesidad de nuevos estudios que se desarrollarán en la unidad neonatal.

OBJETIVO: verificar se mães de recém-nascidos hospitalizados reconhecem as Características Definidoras do conflito no desempenho do papel de mãe como representativas do que vivenciam. MÉTODO: estudo transversal e descritivo, desenvolvido em uma unidade neonatal de um hospital público de ensino do Estado de São Paulo. A amostra foi constituída por 100 mulheres que atribuíram escores de 1 a 5 às características definidoras do diagnóstico, em que 1 significava absolutamente não característico e 5 totalmente característico do que estou vivenciando. RESULTADO: do total da amostra, 96 mulheres identificaram-se com o diagnóstico. As características definidoras mais prevalentes foram: ansiedade; mãe expressa preocupação(ões) em relação a mudanças no papel materno; verbaliza sentimentos de frustração; mãe expressa preocupação(ões) em relação à família e medo. As mulheres que estiveram menos vezes com os filhos, durante a internação, apresentaram maior número de características definidoras. CONCLUSÃO: verificou-se alta prevalência de características definidoras do diagnóstico estudado, o que sugere a pertinência da temática e a necessidade de que mais estudos sejam desenvolvidos na unidade neonatal.
Palavra-chave Mother-Child Relations
Mothers
Infant, Newborn
Nursing Diagnosis
Neonatal Nursing
Relações Mãe-Filho
Mães
Recém-Nascido
Diagnóstico de Enfermagem
Enfermagem Neonatal
Idioma Inglês
Data de publicação 2013-04-01
Publicado em CARMONA, Elenice Valentim et al . Parental role conflict: the nursing diagnosis in mothers of hospitalized newborns. Rev. Latino-Am. Enfermagem, Ribeirão Preto , v. 21, n. 2, p. 571-578, abr. 2013
ISSN 0104-1169 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Extensão 571-578
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692013000200014
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000318530700014
SciELO S0104-11692013000200571 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7685

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-11692013000200571.pdf
Tamanho: 304.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S0104-11692013000200571-es.pdf
Tamanho: 312.4KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S0104-11692013000200571-pt.pdf
Tamanho: 338.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta