Ablação da atividade simpática renal com cateter de ponta irrigada: uma opção atraente?

Ablação da atividade simpática renal com cateter de ponta irrigada: uma opção atraente?

Título alternativo Renal sympathetic ablation using an irrigated-tip catheter: an attractive option?
Autor Staico, Rodolfo Google Scholar
Armaganijan, Luciana Google Scholar
Dietrich, Cristiano de Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Abizaid, Alexandre Antonio Cunha Autor UNIFESP Google Scholar
Moreira, Dalmo Google Scholar
Lopes, Renato Delascio Autor UNIFESP Google Scholar
Almeida, Joaquim Autor UNIFESP Google Scholar
Franco, Marcello Fabiano de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Invasiva do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia
Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND: Catheter-based renal sympathetic denervation has emerged as an adjunct strategy to control refractory hypertension. No studies have yet compared the tissue effects of different catheters, powers and time periods of radiofrequency application, which was the objective of this study. METHODS: Six porcine renal arteries were sectioned in their longitudinal axis and placed in the flow chamber designed to simulate physiological renal flow conditions. The catheters were placed obliquely to the artery with constant contact pressure. Radiofrequency ablations were performed using three different catheters: 4 mm/5 F solid-tip electrode, 4 mm/7 F solid-tip electrode, and open irrigated-tip 4 mm/7 F electrode. Two different powers were used (8 W and 15 W) for 30, 60 and 120 seconds. RESULTS: A total of 18 ablations were performed. More significant nerve damage was observed with the 4 mm/5 F catheter and power of 8 W only when the application duration was extended to 120 seconds. On the other hand, significant nerve damage was observed with the 4 mm/7 F catheter with all power (8 W and 15 W) and duration (30, 60, and 120 seconds) options tested. Deeper lesions were observed with the use of the irrigated catheter, regardless of power and time periods of radiofrequency application. CONCLUSIONS: The irrigated-tip catheters produce deeper lesions than solid-tip catheters and their use might be more beneficial in treating patients with renal sympathetic denervation. The clinical applicability of these results, however, should be confirmed.

INTRODUÇÃO: A denervação simpática renal por meio de cateteres surgiu como estratégia adjunta para o controle da hipertensão arterial resistente. Nenhum estudo até o momento comparou os efeitos teciduais de diferentes cateteres, potências e tempos de aplicação da radiofrequência, objetivo do presente estudo. MÉTODOS: Seis artérias renais de porco foram seccionadas em seu eixo longitudinal e colocadas em uma câmara projetada para simular condições fisiológicas de fluxo renal. Os cateteres foram posicionados obliquamente à artéria, mantendo-se pressão de contato constante. Aplicações de radiofrequência foram realizadas utilizando-se três diferentes dispositivos: eletrodo de ponta sólida 4 mm/5 F, eletrodo de ponta sólida 4 mm/7 F, e eletrodo com ponta aberta irrigada 4 mm/7 F. Duas energias foram aplicadas (8 W e 15 W), durante 30 segundos, 60 segundos e 120 segundos. RESULTADOS: No total foram realizadas 18 aplicações. Injúria neural renal mais significativa foi observada utilizando-se cateter 4 mm/5 F e energia de 8 W apenas quando a duração da aplicação foi estendida a 120 segundos. Por outro lado, significante dano neural foi observado com o cateter 4 mm/7 F com todas as potências (8 W e 15 W) e durações testadas (30 segundos, 60 segundos e 120 segundos). Lesões mais profundas foram notadas quando o cateter irrigado foi utilizado, independentemente da potência e da duração da aplicação. CONCLUSÕES: O cateter com ponta irrigada produz lesões mais profundas que os cateteres de ponta sólida e seu uso pode ser mais vantajoso na denervação simpática renal. A aplicabilidade clínica desses resultados, entretanto, deve ser confirmada.
Palavra-chave Hypertension
Renal artery
Sympathectomy
Catheter ablation
Hipertensão
Artéria renal
Simpatectomia
Ablação por cateter
Idioma Português
Data de publicação 2013-03-01
Publicado em Revista Brasileira de Cardiologia Invasiva. Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista - SBHCI, v. 21, n. 1, p. 7-12, 2013.
ISSN 2179-8397 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista - SBHCI
Extensão 7-12
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S2179-83972013000100004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S2179-83972013000100004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7674

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S2179-83972013000100004.pdf
Tamanho: 3.584MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta