Juventude religiosa e homossexualidade: desafios para a promoção da saúde e de direitos sexuais

Juventude religiosa e homossexualidade: desafios para a promoção da saúde e de direitos sexuais

Título alternativo Religious youth and homosexuality: challenges for promotion of health and sexual rights
Los jóvenes religiosos y la homosexualidad: desafíos para la promoción de la salud y de los derechos sexuales
Autor Silva, Cristiane Gonçalves da Autor UNIFESP Google Scholar
Paiva, Vera Google Scholar
Parker, Richard Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Columbia University Mailman School of Public Health Center for Gender, Sexuality and Health
Resumo This paper describes religious young people's conceptions of homosexuality, which is important knowledge for informing public policies within health promotion. Based on a constructionism and human rights framework, the study analyzed two focus groups and eighteen interviews with young followers of Afro-Brazilian religions (Umbanda and Candomblé), Catholicism, Anglicanism, Adventist Church of Promise and Assembly of God. Their conceptions about homosexuality took into consideration dogmatic morals and incorporated daily life experiences. Their interpretation of homosexuality therefore placed value on moral guidance from adult religious authorities and other forms of discourse relating to healthcare policies and social movements against sexual discrimination. To differing degrees, each young person reworked the discourse that had been accessed, as religious and sexual subjects. Within these psychosocial dynamics, openness towards health promotion based on human rights was observed, and youth people were seen as protagonists for adaptation of religious codes to singular courses of life and contexts.

En ese artículo se describe cómo jóvenes religiosos conciben la homosexualidad, conocimiento relevante para informar políticas públicas en el ámbito de la promoción de la salud. Con base en referencias constructivistas y de los derechos humanos, fueron analizados dos grupos focales y dieciocho entrevistas con jóvenes de Umbanda y Candomblé, Iglesias Católica, Anglicana, Adventista de la Promesa y Asamblea de Dios. Las concepciones sobre homosexualidad consideran la moral dogmática incorporando la experiencia cotidiana. La interpretación de la sexualidad homosexual, por lo tanto, valoriza orientaciones morales de autoridades religiosas y discursos de las políticas de salud y de los movimientos sociales que defienden la no discriminación sexual. Con intensidades diferentes, cada joven reelabora los discursos accedidos, como sujeto religioso y sexual. Se identificó en esa dinámica psico-social, apertura para la promoción de la salud con base en derechos humanos, comprendiendo jóvenes como protagonistas en la adaptación de códigos religiosos a cada trayectoria y contexto singulares.

Descreve-se como jovens religiosos concebem a homossexualidade, conhecimento relevante para informar políticas públicas no campo da promoção da saúde. Analisaram-se, com base no quadro construcionista e dos direitos humanos, dois grupos focais e 18 entrevistas com jovens de terreiros de Umbanda e Candomblé, em Igrejas Católica, Anglicana, Adventista da Promessa e Assembleia de Deus. As concepções sobre homossexualidade consideram a moral dogmática e incorporam a experiência viva e cotidiana. A interpretação da sexualidade homossexual, portanto, valoriza as orientações morais de autoridades adultas religiosas e outros discursos - os das políticas de saúde e dos movimentos sociais que defendem a não-discriminação sexual. Com intensidades diferentes, cada jovem reelabora os discursos acessados, como sujeito religioso e sexual. Identificou-se, nessa dinâmica psicossocial, abertura para a promoção da saúde baseada em direitos humanos, compreendendo jovens como protagonistas na adaptação de códigos religiosos a cada trajetória e contexto singulares.
Palavra-chave Youth
Religiosity
Homosexuality
Sexual health
Sexual rights
Juventude
Religiosidade
Homossexualidade
Saúde sexual
Direitos sexuais
Idioma Português
Data de publicação 2013-03-01
Publicado em Interface - Comunicação, Saúde, Educação. UNESP, v. 17, n. 44, p. 103-117, 2013.
ISSN 1414-3283 (Sherpa/Romeo)
Publicador UNESP
Extensão 103-117
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1414-32832013000100009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1414-32832013000100009 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7671

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1414-32832013000100009.pdf
Tamanho: 85.29KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta