Dor miofascial dos músculos da mastigação e toxina botulínica

Dor miofascial dos músculos da mastigação e toxina botulínica

Título alternativo Jaw muscles myofascial pain and botulinum toxin
Autor Dall' Antonia, Magali Google Scholar
Netto, Regina Martins de Oliveira Google Scholar
Sanches, Monique Lalue Autor UNIFESP Google Scholar
Guimaraes, Antonio Sergio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Santa Cecília
Resumo BACKGROUND AND OBJECTIVES: Temporomandibular disorders (TMD) involve a set of craniofacial changes, which may involve temporomandibular joint (TMJ), jaw muscles and/or associated structures. Muscle TMD is the most frequent, and one of its subtypes is myofascial pain. Botulinum toxin type A (BoNT A), has been studied to control pain, including myofascial pain, and is related to pain relief mechanisms not only in neuromuscular junction receptors. This study aimed at evaluating articles addressing BoNT A to treat jaw muscles myofascial pain. CONTENTS: Pubmed, LILACS and BVS databases were queried from 2000 to April 2012, crossing the following keywords: botulinum toxin type A, myofascial pain syndromes, facial pain, temporomandibular joint disorder syndrome, trigger-points, bruxism, temporomandibular joint, masseter muscle and temporalis muscle. Inclusion criteria were randomized double blind or blind studies, with 10 or more participants, with randomized methodological aspects, relating the use of botulinum toxin for jaw muscles TMD myofascial pain, more specifically masseter and temporalis muscles, and limited to the English language. Six articles were found and included in this study. CONCLUSION: BoNT A was not more effective to treat myofascial pain than established conventional treatments. Because there are many uncontrolled variables in the few related studies, more studies with judicious methodologies are needed to make feasible its use in patients refractory to pain and previously submitted to conservative treatments.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Disfunção temporomandibular (DTM) abrange um conjunto de alterações craniofaciais, que pode envolver a articulação temporomandibular (ATM), os músculos da mastigação e/ou estruturas associadas. As DTM musculares são as mais frequentes e um dos seus subtipos compreende a dor miofascial. A toxina botulínica tipo A (BoNT A), tem sido objeto de estudos no controle da dor, incluindo dor miofascial, e está relacionada ao mecanismo de alívio da dor, não somente nos receptores da junção neuromuscular. O objetivo deste estudo foi acessar os artigos que abordam o uso da BoNT A no tratamento da dor miofascial nos músculos da mastigação. CONTEÚDO: Foi realizada uma busca nas bases de dados Pubmed, LILACS e BVS, de 2000 a abril de 2012, cruzando-se os descritores: toxinas botulínicas tipo A, síndromes da dor miofascial, dor facial, síndrome da disfunção da articulação temporomandibular, pontos-gatilho, bruxismo, articulação temporomandibular, músculo masseter e músculo temporal. Como critérios de inclusão foram analisados estudos randomizados, duplamente encobertos ou encobertos, com 10 ou mais participantes, de aspectos metodológicos aleatórios, que relacionassem o uso da toxina botulínica na dor miofascial da DTM nos músculos da mastigação, mais especificamente masseter e temporal, limitados para o idioma inglês encontrando-se seis estudos que foram incluídos neste estudo. CONCLUSÃO: O uso da BoNT A não se mostrou mais eficiente no tratamento da dor miofascial do que os tratamentos convencionais já estabelecidos. Por existirem diversas variáveis não controladas nos poucos estudos pertinentes, mais estudos, com metodologias criteriosas, são necessários para viabilizar sua aplicação em pacientes refratários à dor submetidos previamente a tratamentos conservadores.
Assunto Botulinum toxin type A
Facial pain
Myofascial pain syndromes
temporomandibular joint disorder syndrome
Dor facial
Síndrome da disfunção da articulação temporomandibular
Síndromes da dor miofascial
Toxinas botulínicas tipo A
Idioma Português
Data 2013-03-01
Publicado em Revista Dor. Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor, v. 14, n. 1, p. 52-57, 2013.
ISSN 1806-0013 (Sherpa/Romeo)
Editor Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor
Extensão 52-57
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1806-00132013000100013
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1806-00132013000100013 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7645

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1806-00132013000100013.pdf
Tamanho: 344.7Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)