Comparative study between immunoturbidimetric and latex agglutination methods for the detection of rheumatoid factor

Comparative study between immunoturbidimetric and latex agglutination methods for the detection of rheumatoid factor

Título alternativo Estudo comparativo entre as técnicas de aglutinação em látex e de imunoturbidimetria para a detecção de fator reumatoide
Autor Rocha, Katya Cristina Google Scholar
Brinque, Luiz Alberto Da Fonseca Google Scholar
Oliveira, Claudia G. B. Google Scholar
Sant'anna, Aleksandra Vanessa Lambiasi Google Scholar
Fonseca, Alexandre Luiz Affonso Google Scholar
Azzalis, Ligia Ajaime Autor UNIFESP Google Scholar
Pereira, Edimar Cristiano Autor UNIFESP Google Scholar
Junqueira, Virginia Berlanga Campos Autor UNIFESP Google Scholar
Beltrame, Registila Libania Google Scholar
Fonseca, Fernando Luiz Affonso Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Faculdade de Medicina do ABC
Instituto Paulista de Ensino e Saúde de São Paulo
Faculdade de Medicina do ABC clinical laboratory analyst
Universidade de São Paulo (USP)
Hospital Emílio Ribas
Universidade Paulista
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo INTRODUCTION: The rheumatoid factor (RF) is the most common antibody found in patients with rheumatoid arthritis. It is an inflammatory chronic disease characterized by articular involvement, inflammation of synovial fluid, tissue infiltration by leucocytes and joint destruction, which ultimately determine articular deformities. The rheumatoid factor is found in 70%-80% of the adult population and in 10% of the young population. OBJECTIVE: The aim of this research was to compare immunoturbidimetric and latex agglutination methods for the detection of RF in serum. RESULTS: The immunoturbidimetric method displayed sensitivity (95.2%), specificity (89.4%) and high positive correlation (R² = 0,8077) with the latex agglutination method in positive serum samples. CONCLUSION: The study allowed to demonstrate that both immunoturbidimetric and latex agglutination methods equally discriminate between negative and positive serum samples for RF.

INTRODUÇÃO: O fator reumatoide (FR) é o autoanticorpo mais comum encontrado em pacientes com artrite reumatoide, uma doença crônica inflamatória caracterizada pelo envolvimento articular com inflamação do líquido sinovial, infiltração de tecido por leucócitos e destruição das articulações, que acaba por determinar deformidades articulares. O FR é encontrado em 70%-80% da população adulta e em 10% da população juvenil. OBJETIVO: Comparar os métodos de imunoturbidimetria e aglutinação (prova do látex) para a determinação de FR em soro. RESULTADO: Foi possível observar que o método imunoturbidimétrico apresenta sensibilidade (95,2%), especificidade (89,4%) e correlação positiva elevada (R² = 0,8077) com o método de aglutinação pelo látex em amostras de soro positivas. CONCLUSÃO: O estudo permitiu demonstrar que o método imunoturbidimétrico e o método de aglutinação pelo látex são igualmente capazes de discriminar amostras negativas e positivas para FR.
Palavra-chave rheumatoid factor
latex agglutination test
immunoturbidimetric method
fator reumatoide
método de aglutinação do látex
método imunoturbidimetria
Idioma Inglês
Data de publicação 2013-02-01
Publicado em Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial. Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia, v. 49, n. 1, p. 12-16, 2013.
ISSN 1676-2444 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia
Extensão 12-16
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1676-24442013000100002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1676-24442013000100002 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7619

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1676-24442013000100002.pdf
Tamanho: 135.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta