ESTUDO COMPARATIVO ENTRE A SUTURA MECÂNICA E A MANUAL NO PARÊNQUIMA ESPLÊNICO DE CÃES

ESTUDO COMPARATIVO ENTRE A SUTURA MECÂNICA E A MANUAL NO PARÊNQUIMA ESPLÊNICO DE CÃES

Título alternativo Comparative study between mechanic and manual suture in splenic tissue, of dogs
Autor Medeiros, Susi Heliene Lauz Autor UNIFESP Google Scholar
Nigro, Amaury José Teixeira Autor UNIFESP Google Scholar
Goldenberg, Alberto Autor UNIFESP Google Scholar
Juliano, Yara Autor UNIFESP Google Scholar
Novo, Neil Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Taha, Murched Omar Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Fundação Universidade do Rio Grande - FURG
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The spleen is the most common intra-abdominal organ hurt in contuso abdominal trauma (60%). It is known that the spleen has a defined immunologic function. The aim of this work was to comparar the mechanic suture in the spleen with the manual suture, in dogs. Twenty eight male adult dogs were operated, distributed in two groups of 14 dogs each. Each group was subdivided in two sub groups of 7 animals, in order to be operated in the 3rd and 7th post operative respectively. In the operative procedure of the control group (group I- manual suture) the hemostasia was accomplished being applied stitches in U, with thread of 00 chromed catgut holed. In experimental group (group II- mechanic suture) the sharp lineal stapler was applied (TA55) to accomplish the hemostasis. It was found no significant statistical differences in the hematological exams of both groups. Macroscopy suggested larger haemorrhage presence in the group I, larger than in the group II, with no statistical significance. In conclusion, the mechanic suture, is a technique able to do the spleen s hemostasis.

O baço é o órgão intra-abdominal mais comumente lesado no trauma abdominal contuso (60%). Sabe-se que este órgão tem uma função imunológica definida, havendo uma preocupação em preservá-lo. O objetivo deste trabalho foi o de comparar a sutura mecânica, com a manual. Vinte e oito cães, machos, adultos foram operados, distribuídos em dois grupos de 14 cães. Cada grupo foi subdividido em dois subgrupos de 7 animais, sendo avaliados no 3º e 7º pós-operatório, respectivamente. No grupo controle (grupo I- sutura manual) a hemostasia foi feita com pontos em U, com o fio de categute cromado 00. No grupo experimento (grupo II- sutura mecânica) foi utilizado o grampeador (TA 55). Não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes nos dados da hematimetria, quando comparados os dois grupos. Macroscopicamente houve maior hemorragia no grupo I do que no grupo II. Concluiu-se que a sutura mecânica é tão eficaz quanto à sutura manual para realizar a hemostasia do baço.
Palavra-chave Spleen
Sutures
Surgical taplers
Baço
Suturas
Grampeadores cirúrgicos
Idioma Português
Data de publicação 1999-04-01
Publicado em Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 14, n. 2, p. 00-00, 1999.
ISSN 0102-8650 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86501999000200004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-86501999000200004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/761

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-86501999000200004.pdf
Tamanho: 249.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta