Rhabdomyolysis as a manifestation of clomipramine poisoning

Rhabdomyolysis as a manifestation of clomipramine poisoning

Título alternativo Rabdomiolise como manifestacao de intoxicacao por clomipramina
Autor Santana, Nathalie Oliveira De Google Scholar
Góis, Aécio Flávio Teixeira de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo CONTEXT:Tricyclic antidepressive agents are widely used in suicide attempts and present a variety of deleterious effects. Rhabdomyolysis is a rare complication of such poisoning.CASE REPORT:A 55-year-old woman ingested 120 pills of 25 mg clomipramine in a suicide attempt two days before admission. After gastric lavage in another emergency department on the day of intake, 80 pills were removed. On admission to our department, she was disoriented, complaining of a dry mouth and tremors at the extremities. An electrocardiogram showed a sinus rhythm with narrow QRS complexes. Laboratory results showed high creatine phosphokinase (CK = 15,094 U/l on admission; normal range = 26 to 140 U/l), hypocalcemia, slightly increased serum transaminases and mild metabolic acidosis. The patient's medical history included depression with previous suicide attempts, obsessive-compulsive disorder, hypothyroidism and osteoporosis. She presented cardiac arrest with pulseless electric activity for seven minutes and afterwards, without sedation, showed continuous side-to-side eye movement. She developed refractory hypotension, with need for vasopressors. Ceftriaxone and clindamycin administration was started because of a hypothesis of bronchoaspiration. The patient remained unresponsive even without sedation, with continuous side-to-side eye movement and a decerebrate posture. She died two months later. Rhabdomyolysis is a very rare complication of poisoning due to tricyclic drugs. It had only previously been described after an overdose of cyclobenzaprine, which has a toxicity profile similar to tricyclic drugs.CONCLUSIONS:Although arrhythmia is the most important complication, rhabdomyolysis should be investigated in cases of clomipramine poisoning.

CONTEXTO:Antidepressivos tricíclicos são amplamente utilizados em tentativas de suicídio e apresentam diversos efeitos deletérios, sendo a rabdomiólise uma complicação rara dessa intoxicação.RELATO DO CASO:Uma mulher de 55 anos ingeriu 120 comprimidos de clomipramina de 25 mg numa tentativa de suicídio dois dias antes da admissão. Após lavagem gástrica em outro serviço de urgência no dia da ingestão, 80 comprimidos foram retirados. Na admissão em nosso serviço, a paciente estava desorientada, queixando-se de boca seca e tremores de extremidades. O eletrocardiograma mostrou ritmo sinusal com complexos QRS estreitos. Exames laboratoriais evidenciaram aumento de creatinofosfoquinase (CK = 15.094 U/L na admissão; intervalo da normalidade = 26 a 140 U/L), hipocalcemia, discreto aumento das transaminases e leve acidose metabólica. Antecedentes pessoais incluíam depressão com tentativas de suicídio prévias, transtorno obsessivo compulsivo, hipotireoidismo e osteoporose. A paciente apresentou parada cardiorrespiratória com atividade elétrica sem pulso por sete minutos e, posteriormente, sem sedação, foi observado olhar em varredura. A paciente evoluiu com hipotensão refratária, necessitando de vasopressores. Ceftriaxone e clindamicina foram iniciados pela hipótese de broncoaspiração. A paciente permaneceu irresponsiva mesmo sem sedação, com olhar em varredura contínuo e postura descerebrada. A paciente evoluiu para óbito dois meses após. Rabdomiólise é uma complicação rara da intoxicação por tricíclicos, e só foi descrita em overdose de ciclobenzaprina, a qual tem um perfil de toxicidade semelhante aos tricíclicos.CONCLUSÕES:Apesar de as arritmias serem as complicações mais temidas, rabdomiólise deve ser investigada em casos de intoxicação por clomipramina.
Palavra-chave Clomipramine
Antidepressive agents, tricyclic
Rhabdomyolysis
Poisoning
Toxicology
Clomipramina
Antidepressivos triciclicos
Rabdomiolise
Envenenamento
Toxicologia
Idioma Inglês
Data de publicação 2013-01-01
Publicado em São Paulo Medical Journal. Associação Paulista de Medicina - APM, v. 131, n. 6, p. 432-435, 2013.
ISSN 1516-3180 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Paulista de Medicina - APM
Extensão 432-435
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/1516-3180.2013.1316541
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-31802013000600432 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7568

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-31802013000600432.pdf
Tamanho: 471.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta