Scale of Auditory Behaviors e testes auditivos comportamentais para avaliação do processamento auditivo em crianças falantes do português europeu

Scale of Auditory Behaviors e testes auditivos comportamentais para avaliação do processamento auditivo em crianças falantes do português europeu

Título alternativo Scale of Auditory Behaviors and auditory behavior tests for auditory processing assessment in Portuguese children
Autor Nunes, Cristiane Lima Google Scholar
Pereira, Liliane Desgualdo Autor UNIFESP Google Scholar
Carvalho, Graça Simões De Google Scholar
Instituição Universidade do Minho Instituto de Educação Centro de Investigação em Estudos da Criança
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: The objective of this research was to assess the auditory abilities of Portuguese children and compare such abilities to the score of the Scale of Auditory Behaviors (SAB). METHODS: Fifty-one children were evaluated with audiometry, speech audiometry, acoustic immittance measures, and eight behavioral tests involving dichotic listening, monotic listening, temporal processing, and sound localization. Their parents filled in the SAB questionnaire adapted to European A. SAB scores and auditory tests scores were submitted to Pearson's correlation coefficient. RESULTS: There is significant correlation between the score on SAB questionnaire and the auditory processing tests. The greatest coefficient was observed in temporal processing test (p=0.000). CONCLUSION: There was correlation between the score of SAB and the performance in auditory processing tests, suggesting that the SAB may be used for auditory processing screening.

OBJETIVO: Investigar as habilidades auditivas de crianças portuguesas e verificar se há correlação entre aquelas e o escore do Scale of Auditory Behaviors (SAB). MÉTODOS: Todas as crianças foram submetidas a audiometria tonal, logoaudiometria, medidas de imitância acústica e oito testes comportamentais do processamento auditivo, envolvendo tarefas de escuta dicótica, escuta monótica, processamento temporal e localização sonora. Os pais das 51 crianças portuguesas avaliadas preencheram o questionário SAB adaptado ao português europeu. Foram calculados os valores do coeficiente de correlação de Pearson entre os escores obtidos no questionário e os dos testes do processamento auditivo. RESULTADOS: Observou-se correlação significativa entre o escore do questionário e o dos testes comportamentais, tendo a maior sido observada nos testes relacionados ao processamento temporal (p=0,000). CONCLUSÃO: Houve correlação entre o escore da SAB e os resultados obtidos nos testes auditivos comportamentais em crianças portuguesas, sugerindo que este questionário pode ser utilizado em triagem do processamento auditivo.
Palavra-chave Questionnaires
Hearing
Auditory perception
Hearing tests
Child
Questionários
Audição
Percepção auditiva
Testes auditivos
Criança
Idioma Português
Data de publicação 2013-01-01
Publicado em CoDAS. Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, v. 25, n. 3, p. 209-215, 2013.
ISSN 2317-1782 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Extensão 209-215
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S2317-17822013000300004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S2317-17822013000300004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7553

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S2317-17822013000300004.pdf
Tamanho: 642.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta