Análise da estrutura categorial da Norma ISO 18104 na documentação em Enfermagem

Análise da estrutura categorial da Norma ISO 18104 na documentação em Enfermagem

Título alternativo Categorical structure analysis of ISO 18104 standard in nursing documentation
Autor Marin, Heimar de Fatima Autor UNIFESP Google Scholar
Peres, Heloisa Helena Ciqueto Google Scholar
Dal Sasso, Grace Terezinha Marcon Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de Santa Catarina
Resumo OBJECTIVE: To verify whether categorical structure of the ISO 18104 standard is adequate to support electronic documentation of nursing actions and nursing diagnoses and to facilitate the development of nursing diagnoses and nursing actions expressions. METHODS: A cross-sectional design with two use cases in electronic records from two teaching hospitals that employ different nursing terminologies. RESULT: Case A included 40 diagnostic expressions and 97 interventions. All records for nursing diagnoses included focus, judgment, or clinical finding. All interventions were recorded using action verbs and targets. Few other qualifiers were used. Case B provided two diagnoses and 371 expressions for nursing actions. Diagnoses included focus and judgment. All interventions, except one, were documented using action verbs and targets. CONCLUSION: ISO 18104 was adequate to support documentation of nursing actions and diagnoses expressions.

OBJETIVO: Verificar se a estrutura categorial da Norma ISO 18104 é adequada para apoiar a documentação eletrônica de diagnósticos e ações de enfermagem e auxiliar na formação de expressões diagnósticas e ações de enfermagem. MÉTODOS: Desenho transversal com dois casos de uso nos registros eletrônicos de dois hospitais universitários que utilizam diferentes terminologias de Enfermagem. RESULTADO: O caso de uso A forneceu 40 expressões diagnósticas e 97 intervenções. Todos os registros para diagnósticos de enfermagem continham foco, julgamento ou achado clínico. As intervenções foram registradas usando verbo de ação e alvo. Os demais qualificadores foram pouco empregados. O caso de uso B forneceu dois diagnósticos e 371 expressões para ações de enfermagem. Os diagnósticos possuíam foco e julgamento. Todas as intervenções, exceto uma, foram documentadas usando verbos de ação e alvo. CONCLUSÃO: A Norma ISO18104 mostrou-se adequada para apoiar a documentação de expressões diagnósticas e de ação de enfermagem.
Palavra-chave Nursing informatics
Terminology
Information technology
Medical records systems, computerized
Nursing diagnosis
Informática em enfermagem
Terminologia
Tecnologia da informação
Sistemas computadorizados de registros médicos
Diagnóstico de enfermagem
Idioma Português
Financiador Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Data de publicação 2013-01-01
Publicado em Acta Paulista de Enfermagem. Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), v. 26, n. 3, p. 299-306, 2013.
ISSN 0103-2100 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 299-306
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002013000300016
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000278435200016
SciELO S0103-21002013000300016 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7547

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0103-21002013000300016-en.pdf
Tamanho: 517.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S0103-21002013000300016-pt.pdf
Tamanho: 524.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta