Incidence, indication and complications of postoperative reintubation after elective intracranial surgery

Incidence, indication and complications of postoperative reintubation after elective intracranial surgery

Título alternativo Incidencia, indicacao e complicacoes da reintubacao no pos-operatorio de cirurgia eletiva intracraniana
Autor Hayashi, Lucas Yutaka Google Scholar
Gazzotti, Mariana Rodrigues Google Scholar
Vidotto, Milena Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Jardim, José Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição São Paulo Centro Universitario Sao Camilo Department of Physiotherapy
Centro Universitario Sao Camilo Department of Physiotherapy
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo CONTEXT AND OBJECTIVE There are no reports on reintubation incidence and its causes and consequences during the postoperative period following elective intracranial surgery. The objective here was to evaluate the incidence of reintubation and its causes and complications in this situation. DESIGN AND SETTING Prospective cohort study, using data obtained at a tertiary university hospital between 2003 and 2006. METHODS 169 patients who underwent elective intracranial surgery were studied. Preoperative assessment was performed and the patients were followed up until hospital discharge or death. The rate of reintubation with its causes and complications was ascertained. RESULTS The incidence of reintubation was 12.4%, and the principal cause was lowered level of consciousness (71.5%). There was greater incidence of reintubation among females (P = 0.028), and greater occurrence of altered level of consciousness at the time of extubation (P < 0.0001). Reintubated patients presented longer duration of mechanical ventilation (P < 0.0001), longer stays in the intensive care unit (ICU) and in the hospital (P < 0.0001), greater incidence of pulmonary complications (P < 0.0001), greater need for reoperation and tracheostomy, and higher mortality (P < 0.0001). CONCLUSION The incidence of reintubation in these patients was 12.4%. The main cause was lowering of the level of consciousness. Female gender and altered level of consciousness at the time of extubation correlated with higher incidence of reintubation. Reintubation was associated with pulmonary complications, longer durations of mechanical ventilation, hospitalization and stay in the ICU, greater incidence of tracheostomy and mortality.

CONTEXTO E OBJETIVO Não há relatos sobre incidência de reintubação, suas causas e consequências no pós-operatório de cirurgia intracraniana eletiva. O objetivo foi avaliar a incidência de reintubação, suas causas e complicações em pós-operatório de cirurgia intracraniana eletiva. TIPO DE ESTUDO E LOCAL Estudo de coorte prospectivo, com dados que foram obtidos de 2003 a 2006 em um hospital universitário terciário. MÉTODO 169 pacientes submetidos a cirurgia intracraniana eletiva foram estudados. Foi realizada avaliação pré-operatória e os pacientes foram acompanhados até a alta hospitalar ou óbito, verificando a taxa de reintubação, suas causas e complicações. RESULTADOS A incidência de reintubação foi de 12,4% sendo a principal causa o rebaixamento do nível de consciência (71,5%). Houve maior incidência de reintubação no sexo feminino (P = 0,028), bem como do nível de consciência alterado no momento da extubação (P < 0,0001). Pacientes reintubados apresentaram maior tempo de ventilação mecânica (P < 0,0001) e de internação em unidade de terapia intensiva (UTI) e hospitalar (P < 0,0001), maior incidência de complicações pulmonares (P < 0,0001), maior necessidade de reoperação e traqueostomia, além de aumento de mortalidade (P < 0,0001). CONCLUSÃO A incidência de reintubação nesses pacientes foi de 12,4%. A principal causa da reintubação foi o rebaixamento do nível de consciência. O sexo feminino e nível de consciência alterado no momento da extubação foram relacionados à maior incidência de reintubação. A reintubação foi associada a complicações pulmonares, maior tempo de ventilação mecânica, de internação e de permanência na UTI, maior incidência de traqueostomia e mortalidade.
Palavra-chave Ventilator weaning
Neurosurgery
Respiration
Intensive care units
Length of stay
Desmame do respirador
Neurocirurgia
Respiracao
Unidades de terapia intensiva
Tempo de internacao
Idioma Inglês
Data de publicação 2013-01-01
Publicado em São Paulo Medical Journal. Associação Paulista de Medicina - APM, v. 131, n. 3, p. 158-165, 2013.
ISSN 1516-3180 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Paulista de Medicina - APM
Extensão 158-165
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/1516-3180.2013.1313440
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-31802013000300158 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7539

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-31802013000300158.pdf
Tamanho: 555.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta