Eventos adversos em pacientes cirúrgicos: conhecimento dos profissionais de enfermagem

Eventos adversos em pacientes cirúrgicos: conhecimento dos profissionais de enfermagem

Título alternativo Adverse effects in surgical patients: knowledge of the nursing professionals
Autor Bohomol, Elena Autor UNIFESP Google Scholar
Tartali, Juliana de Abreu Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Beneficência Portuguesa de São Paulo Hospital São José
Resumo OBJECTIVE: Verify the knowledge of the nursing team about adverse effects in patients at the surgical center, point out possible causes, identify whose is the responsibility for these causes and verify the need of notification. METHODS: Descriptive research performed by questionnaire with ten statements about causes for the occurrence of adverse effects and four settings, carried out with 31 nursing professionals from the surgical center of a private hospital. RESULTS: The most frequent causes have been routine in programming elective procedures and inefficient communication between medical and nursing teams. All settings have been identified as adverse events with a necessity to be notified. The patient's safety is not seen as a responsibility of the entire professional team. CONCLUSION: Nurses must defend the patient's interests, know the risks inherent to the surgical process and warn team members about possible problems that may come up.

OBJETIVO: Verificar o conhecimento da equipe de enfermagem sobre eventos adversos em pacientes em centro cirúrgico, apontar possíveis causas, identificar de quem é a responsabilidade pelos mesmos e necessidade de notificação Métodos: Pesquisa descritiva realizada por meio de questionário com dez afirmativas sobre causas para a ocorrência de eventos adversos e quatro cenários, conduzida com 31 profissionais de enfermagem do centro cirúrgico de um hospital privado. RESULTADOS: As causas mais freqüentes foram a rotina na programação de procedimentos eletivos e comunicação ineficaz entre a equipe de enfermagem e médica. Todos os cenários foram identificados como eventos adversos e com necessidade de notificação. A segurança do paciente não é vista como responsabilidade de toda a equipe multiprofissional. CONCLUSÃO: A enfermagem deve defender os interesses dos pacientes, conhecer os riscos inerentes ao processo cirúrgico e alertar os integrantes da equipe sobre os possíveis problemas que possam ocorrer.
Palavra-chave Operating room nursing
Education, nursing
Nursing assessment
Patient safety
Quality of health care
Health knowledge, atitudes, practice
Enfermagem de centro cirúrgico
Educação em enfermagem
Avaliação em enfermagem
Segurança do paciente
Qualidade da assistência à saúde
Conhecimentos, atitudes e prática em saúde
Idioma Português
Data de publicação 2013-01-01
Publicado em Acta Paulista de Enfermagem. Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), v. 26, n. 4, p. 376-381, 2013.
ISSN 0103-2100 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 376-381
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002013000400012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000328081300012
SciELO S0103-21002013000400012 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7508

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0103-21002013000400012-en.pdf
Tamanho: 120.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S0103-21002013000400012-pt.pdf
Tamanho: 135.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta