A meditatio mortis montaigniana

A meditatio mortis montaigniana

Autor Orione, Eduino Jose de Macedo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo This paper investigates the essay Que philosopher c'est apprendre a mourir, by Michel de Montaigne. This text is a good example of how the philosopher rejects the metaphysical tradition in which the problem of death has always been thought. We expose that the originality of this essay lies in the fact that Montaigne advises us to follow nature, which, in his thought, is indistinguishable from custom.

Este artigo investiga o ensaio Que philosopher c'est apprendre a mourir, de Michel de Montaigne. Trata-se de um texto que é um bom exemplo da forma como o filósofo rejeita a tradição metafísica na qual o problema da morte sempre foi pensado. Mostramos que a originalidade deste ensaio reside no fato de Montaigne nos aconselhar a seguir a natureza, que, em seu pensamento, se confunde com o costume.
Palavra-chave essay
death
custom
ensaio
morte
costume
Idioma Português
Data de publicação 2012-12-01
Publicado em Kriterion: Revista de Filosofia. Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG, v. 53, n. 126, p. 463-481, 2012.
ISSN 0100-512X (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG
Extensão 463-481
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-512X2012000200009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000315286500009
SciELO S0100-512X2012000200009 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7461

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-512X2012000200009.pdf
Tamanho: 972.4KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta