Tratamento de pneumonia em pacientes hospitalizados 3/4 resultado de um estudo clínico multicêntrico utilizando uma cefalosporina de quarta geração (cefepima)

Tratamento de pneumonia em pacientes hospitalizados 3/4 resultado de um estudo clínico multicêntrico utilizando uma cefalosporina de quarta geração (cefepima)

Título alternativo Treatment of nosocomial pneumonia: a prospective and multicenter study used cefepime
Autor Medeiros, Eduardo Alexandrino Servolo de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo OBJECTIVE: To evaluate efficacy and safety of cefepime in severe pneumonia of hospitalized patients. DESIGN AND PATIENTS: A prospective, multicenter, open trial was performed with 148 patients (62 patients with nosocomial pneumonia; 34 with community-acquired pneumonia and 52 undefined forms). Cefepime was intravenously administered (1,000 to 2,000mg every 12 hours), and doses were adjusted for renal function. The efficacy endpoint was clinical response at 48 hours after completion of therapy. RESULTS: The mean age was 56.4 ± 20,31 years. The most common bacterias isolated from patients with nosocomial pneumonia were: 5 (8.06%) Pseudomonas aeruginosa; 7 (11.29%) Pseudomonas sp.; 6 (9.68%) Klebsiella sp.; 3 (4.84%) E.coli; 2 (3.23%) Acinetobacter baumannii; 3 (4.84%) Staphylococcus aureus; 3 (4.84%) Streptococcus pneumoniae; 5 (8.06%) others. The most common isolates from patients with community-acquired pneumonia were: 2 (5.88%) Streptococcus pneumoniae; 1 (2.94%) S. aureus; 2 (5.88%) P. aeruginosa and 2 (5.88%) K. pneumoniae. Clinical efficacy was demonstrated in 137/148 (92.56%) of the cases since improvement was obtained in 20.27% and healing in 72.29%. Failure of the treatment was observed in 10 patients (6.75%) and one patient the evaluation was not possible. Adverse events were reported for 5/148 patients (3.38%). CONCLUSION: Our data suggest that cefepime was safe and effective for treatment of severe pneumonia in hospitalized patients.

OBJETIVO: Avaliar a eficácia e a segurança da cefepima no tratamento de pneumonia grave em pacientes hospitalizados. CASUÍSTICA E MÉTODOS: Realizamos um estudo perspectivo, multicêntrico, não comparativo envolvendo 148 pacientes (62 com pneumonia hospitalar, 34 com pneumonia comunitária e 52 formas indefinidas). A cefepima foi administrada por via intravenosa (1.000 a 2.000mg cada 12 horas), sendo que as doses também foram ajustadas para a função renal. A resposta clínica foi avaliada 48 horas após o término da terapêutica com cefepima. RESULTADOS: A média de idade foi de 56,4 ± 20,31 anos. As bactérias mais comuns isoladas nos pacientes com pneumonia hospitalar foram: 5 Pseudomonas aeruginosa (8,06%); 7 Pseudomonas sp. (11,29%); 6 Klebsiella sp. (9,68%); 3 E. coli (4,84%); 2 Acinetobacter baumannii (3,23%); 3 Staphylococcus aureus (4,84%); 3 Streptococcus pneumoniae (4,84%); 5 outras (8,06%). Os mais comuns isolados nos pacientes com pneumonia adquirida na comunidade foram: 2 Streptococcus pneumoniae (5,88%); 1 S. aureus (2,94%); 2 P. aeruginosa (5,88%) e 2 K. pneumoniae (5,88%). A eficácia clínica foi observada em 137/148 dos casos (92,56%) sendo que a resolução parcial foi obtida em 20,27% e cura em 72,29%. Falha de tratamento foi encontrado em 10 pacientes (6,75%) e um caso não foi avaliado. Eventos adversos foram observados em 5/148 pacientes (3,38%). CONCLUSÃO: Nosso estudo sugere que a cefepima é seguro e efetivo no tratamento de pneumonia grave em pacientes hospitalizados.
Palavra-chave Community acquired pneumonia
Nosocomial pneumonia
Cephalosporin
Cefepime
Pneumonia adquirida na comunidade
Pneumonia nosocomial
Cefalosporina
Cefepima
Idioma Português
Data de publicação 1999-03-01
Publicado em Revista da Associação Médica Brasileira. Associação Médica Brasileira, v. 45, n. 1, p. 02-08, 1999.
ISSN 0104-4230 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Médica Brasileira
Extensão 02-08
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42301999000100002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-42301999000100002 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/746

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-42301999000100002.pdf
Tamanho: 41.94KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta