Eficácia da eletroestimulação muscular expiratória na tosse de pacientes após acidente vascular encefálico

Eficácia da eletroestimulação muscular expiratória na tosse de pacientes após acidente vascular encefálico

Título alternativo Effectiveness of electrical stimulation in expiratory muscle on cough of patients after stroke
Autor Meireles, André Luís Ferreira De Google Scholar
Meireles, Louisiana Carolina Ferreira De Google Scholar
Queiroz, José Carlos Eugênio Da Silva Google Scholar
Tassitano, Rafael Miranda Google Scholar
Soares, Fernanda De Oliveira Google Scholar
Oliveira, Adriana Siqueira De Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Faculdade ASCES
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
UFPE
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Individuals with sequelae of stroke present as a common complication hypotonia and weakness of trunk muscles, in special the rectus abdominal muscle which is the main muscle activated for cough. The electrical stimulation (ES) is being widely used to fiber recruitment in many muscle groups and pathologies. The present study aimed to evaluate the efficiency of electrical stimulation with median frequencies (ETMF) in expiratory muscles strength and cough in patients with sequels of stroke. It is a quasi-experimental study (before and after) where 11 individuals were selected after stroke between 40 and 65 years, both sexes and hemodynamically stable. Patients were evaluated about clinic and respiratory scores (ventilometer, peak of expiratory flow (PEF) and manometer (MIP and MEP) and submitted to the protocol, which consisted of ETMF in expiratory muscle (abdominals rectus) with the unit of Russian current with 2,500 Hz carrier frequency modulated at 40 Hz for 15 minutes by 15 sessions. In the initial assessment evidenced decreasing in inspiratory and expiratory muscular strength (MIP, MEP) and PEF when compared to predicted values in literature. In the end of ETMF it happened an increase in MIP, MEP without statistical significance (p=0.18 and p=0.29) but the PEF has had an increase of 283.73 L/minute to 347.27 L/minute (p=0.03). It can be seen that the ETMF was effective in the improvement of the parameters evaluated, with PEF being the greatest impact and statistical significance, however further studies with larger populations are necessary to analyze this new therapeutic approach.

Indivíduos com sequelas de acidente vascular encefálico (AVE) apresentam como complicação comum a hipotonia de tronco com consequente fraqueza da sua musculatura, em especial, o reto abdominal que é o principal músculo acionado para a tosse. As correntes elétricas têm sido amplamente utilizadas para recrutamento de fibras musculares nas mais diversas patologias. O presente estudo teve como objetivo avaliar a eficácia da eletroestimulação transcutânea de média frequência (ETMF) na força muscular expiratória e tosse de pacientes com sequela de AVE. Trata-se de um estudo quase-experimental (antes e depois) onde foram selecionados 11 indivíduos pós-AVE entre 40 a 65 anos, ambos os sexos e estáveis hemodinamicamente. Os pacientes foram avaliados quanto a parâmetros clínicos e pneumofuncionais (ventilometria, pico de fluxo expiratório (PFE) e manovacuometria) e submetidos ao protocolo, que constava de ETMF no músculo reto abdominal com o aparelho de corrente Russa, frequência portadora de 2.500 Hz modulada a 40 Hz, durante 15 minutos, por 15 sessões. Na avaliação inicial observou-se diminuição da força muscular inspiratória e expiratória (Pimáx; Pemáx) e do PFE quando comparados aos valores de normalidade preditos na literatura. Após a ETMF houve incremento da Pimáx e Pemáx sem significância estatística (p=0,18 e p=0,29) já o PFE teve um acréscimo de 283,73 L/minuto para 347,27 L/minuto (p=0,03). Pode-se observar que a ETMF foi eficaz no incremento dos parâmetros avaliados, com o PFE sendo o de maior impacto e significância estatística, no entanto, mais estudos com populações maiores se fazem necessários para análise dessa nova abordagem terapêutica.
Palavra-chave electric stimulation therapy
stroke
physical therapy modalities
cough
terapia por estimulação elétrica
acidente vascular cerebral
modalidades de fisioterapia
tosse
Idioma Português
Data de publicação 2012-12-01
Publicado em Fisioterapia e Pesquisa. Universidade de São Paulo, v. 19, n. 4, p. 314-319, 2012.
ISSN 1809-2950 (Sherpa/Romeo)
Publicador Universidade de São Paulo
Extensão 314-319
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1809-29502012000400004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1809-29502012000400004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7449

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1809-29502012000400004.pdf
Tamanho: 348.4KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta