Interdisciplinaridade na construção dos conteúdos curriculares do curso médico

Interdisciplinaridade na construção dos conteúdos curriculares do curso médico

Título alternativo Interdisciplinarity in construction of the contents of medical curriculum
Autor Machado, Maria das Merces Borem Correa Autor UNIFESP Google Scholar
Batista, Sylvia Helena Souza da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The aim of this paper is to understand, discuss and analyze the conceptions of interdisciplinarity of coordinators and teachers who create modules for the first to the seventh semesters of a medical course of a public institution in the northern state of Minas Gerais. Based on a theoretical framework, proceeded an investigation that involved 47 teachers, with data produced through questionnaires and semi-structured interviews. The results were analyzed using content analysis. In relation to the conceptions of teachers who construct the modules, it was apprehended that interdisciplinarity is characterized by the intensity of exchanges and the integration of disciplines in everyday teaching practice. For the faculty coordinators interdisciplinarity has a relationship with teamwork and the use of active methodologies. The difficulties of interdisciplinary practice in the context of collegiate action, participatory and articulate were highlighted. Analytical work identified that teachers understand the interdisciplinary movement as strengthening the relationship between university/reality, that through enhancing dialogue and interaction between different sectors, it encourages the pursuit of lifelong learning and the overcoming of fragmentation.

O objetivo deste artigo é apreender, discutir e analisar as concepções sobre interdisciplinaridade de professores coordenadores e professores construtores de módulos do primeiro ao sétimo período do curso médico de uma instituição pública no norte do Estado de Minas Gerais. Com base em um referencial teórico-conceitual, procedeu-se a uma investigação que envolveu 47 professores, produzindo-se dados por meio de questionário e entrevista semiestruturada. Os resultados foram analisados pela técnica de análise de conteúdo. Em relação às concepções dos docentes construtores, apreendeu-se que a interdisciplinaridade se caracteriza pela intensidade das trocas e pela integração das disciplinas no cotidiano da prática pedagógica. Para os docentes coordenadores, a interdisciplinaridade apresenta uma relação com o trabalho em equipe e com o uso de metodologias ativas. Foram ressaltadas as dificuldades de uma prática interdisciplinar na perspectiva de ação colegiada, participativa e articulada. O trabalho analítico permitiu identificar que os professores compreendem o movimento interdisciplinar como fortalecedor da relação universidade/realidade, que, ao potencializar o diálogo e a interação entre setores diversos, favorece a busca pela educação permanente e superação da fragmentação.
Palavra-chave Medical Education
Interdisciplinarity
Problem-Based Learning
Educação Médica
Interdisciplinaridade
Aprendizagem Baseada em Problemas
Idioma Português
Data de publicação 2012-12-01
Publicado em Revista Brasileira de Educação Médica. Associação Brasileira de Educação Médica, v. 36, n. 4, p. 456-462, 2012.
ISSN 0100-5502 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Brasileira de Educação Médica
Extensão 456-462
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-55022012000600003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-55022012000600003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7444

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-55022012000600003.pdf
Tamanho: 115.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta