Hepatic damage in newborns from female rats exposed to the pesticide derivative ethylenethiourea

Hepatic damage in newborns from female rats exposed to the pesticide derivative ethylenethiourea

Título alternativo Lesões hepáticas em recém-nascidos de ratas expostas ao derivado de agrotóxico etilenotioureia
Autor Lemos, Patrícia Veruska Ribeiro Barbosa Google Scholar
Martins, Jose Luiz Autor UNIFESP Google Scholar
Lemos, Sidney Pereira Pinto Autor UNIFESP Google Scholar
Santos, Fernando Leandro Dos Google Scholar
Silva, Sílvio Romero Gonçalves E Google Scholar
Instituição Sao Francisco Valley Federal University Department of Medicine
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
UNIVASF Department of Medicine
Federal Rural University Department of Veterinary Medicine
Resumo PURPOSE: To evaluate hepatic morphological-histological abnormalities in newborns from female rats exposed to ethylenethiourea. METHODS: A randomized study was conducted on fifty-five newborn Wistar rats were studied: 34 in the experimental group, whose mothers had been exposed to 1% ethylenethiourea; and 21 in the control group, whose mothers had received 0.9% physiological solution. The solution was administered via gavage on the 11th day of gestation. Cesarean section was performed on the 20th day of gestation. The newborns' livers were examined and any morphological-histological abnormalities were registered. The presence of megakaryocytes was quantified in 50 microscope fields, as the total number of these cells per mm². RESULTS: The entire experimental group presented abnormalities of embryonic formation, with musculoskeletal anomalies, digestive system anomalies, hepatic congestion and friability, hydrops and delayed intrauterine growth. The histopathological analysis showed that morphological-histological hepatic destructuring had occurred in all entire experimental with removal of the hepatic trabeculae and severe hepatic megakaryocytosis. The mean megakaryocyte density ranged from 107.9 to 114.2 per mm², and it was eight times greater than in the control group, thus characterizing a situation of extramedullary hematopoiesis. CONCLUSION: The fetal exposure to ethylenethiourea caused hepatic damage characterized by severe extramedullary hematopoiesis.

OBJETIVO: Avaliar alterações hepáticas morfohistológicas em recém-nascidos de ratas prenhes expostas à etilenotioureia. MÉTODOS: Realizado ensaio randomizado em animais de experimentação, onde foram estudados 55 recém-nascidos de ratas Wistar, 34 do Grupo Experimento, expostas a etilenotioureia 1% e 21 do Grupo Controle, em que a rata prenhe recebeu solução fisiológica 0,9%, ambos por gavagem no 11º dia de gestação. Realizada no 20º dia de gestação cesariana, analisados os fígados dos recém-nascidos e registradas as alterações morfohistológicas. Realizou-se a quantificação dos megacariócitos em 50 campos microscópicos, avaliando a quantidade total destas células por mm². RESULTADOS: Todos os recém-nascidos do Grupo Experimento apresentaram alterações na formação embrionária, com anomalias musculoesqueléticas, anormalidades do sistema digestório, congestão e friabilidade hepática, hidropisia e crescimento intrauterino retardado. A análise histopatológica mostrou desestruturação hepática morfohistológica em todos os recém-nascidos expostos à etilenotioureia, com destrabeculação dos hepatócitos e intensa megacariocitose hepática, apresentando média da densidade de megacariócitos de 107,9 até 114,2 por mm² sendo cerca de oito vezes maior que no Grupo Controle, caracterizando hematopoese extramedular. CONCLUSÃO: A exposição fetal a etilenotioureia provocou danos hepáticos caracterizados pela intensa hematopoese extramedular.
Palavra-chave Pesticides
Ethylenethiourea
Liver
Hematopoiesis, Extramedullary
Pregnancy, Animal
Animals, Newborn
Rats
Praguicidas
Etilenotiouréia
Fígado
Hematopoese Extramedular
Prenhez
Animais Recém-Nascidos
Ratos
Idioma Inglês
Data de publicação 2012-12-01
Publicado em Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 27, n. 12, p. 897-904, 2012.
ISSN 0102-8650 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Extensão 897-904
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502012001200012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000311807400012
SciELO S0102-86502012001200012 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7442

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-86502012001200012.pdf
Tamanho: 901.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta