Cuidados com a infância e a adolescência por meio de brinquedoteca comunitária

Cuidados com a infância e a adolescência por meio de brinquedoteca comunitária

Título alternativo Caring for children and teenagers with the aid of a toy library
Autor Jurdi, Andrea Perosa Saigh Autor UNIFESP Google Scholar
Amiralian, Maria Lucia Toledo Moraes Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The aim of this article is to report an intervention, based on the framework of Winnicott's theory, in a community toy library that serves children and teenagers in situations of social vulnerability. The methodology followed was action research: the strategy was the supervision of interns and toy librarians, collection of documentary data and narrative reports by residents, bibliographic research and intervention in the playroom. As a result, it was found that the relationships that were established, based on trustworthiness, reliability and consistency of actions, provided children and teenagers with a human environment that allowed spontaneous and creative play, making them less vulnerable to the challenges encountered. The intervention based on the assumptions of Winnicott's theory made it possible to expand the work beyond the individual relationships and strengthen collective practices, creating strategies of composition between the health and the social fields.

Este artigo tem por objetivo relatar uma intervenção baseada no referencial da teoria winnicottiana, em uma brinquedoteca comunitária que atende crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Seguiu-se a metodologia da pesquisaação, cuja estratégia consistiu em supervisão de estagiários e brinquedistas, coleta de dados por documentos, relatos e narrativas de moradores, pesquisa bibliográfica e intervenção na brinquedoteca. Como resultado avaliou-se que as relações que se estabeleceram, baseadas na confiabilidade, fidedignidade e constância das ações, proveram as crianças e adolescentes de um ambiente humano que permitiu o brincar espontâneo e criativo, tornando-os menos vulneráveis frente aos desafios encontrados. A intervenção baseada nos pressupostos da teoria winnicottiana possibilitou ampliar o trabalho para além das relações individuais e fortalecer as práticas coletivas, criando estratégias de composição entre o campo da saúde e do social.
Palavra-chave Adolescents
Childhood
Play and playthings
Diseases susceptibility
Adolescência
Infância
Jogos e brinquedos
Suscetibilidade a doenças
Idioma Português
Data de publicação 2012-12-01
Publicado em Estudos de Psicologia (Campinas). Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas, v. 29, p. 769-777, 2012.
ISSN 0103-166X (Sherpa/Romeo)
Publicador Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Extensão 769-777
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0103-166X2012000500013
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0103-166X2012000500013 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7438

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0103-166X2012000500013.pdf
Tamanho: 331.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta