Qualidade de vida relacionada à saúde de filhos de profissionais da área de saúde

Qualidade de vida relacionada à saúde de filhos de profissionais da área de saúde

Título alternativo Health-related quality of life of the children of health professionals
Calidad de vida relacionada a la salud de los hijos de profesionales del área de salud
Autor Gamallo, Silvia Maria Moussi Google Scholar
Caparroz, Fábio de Azevedo Autor UNIFESP Google Scholar
Terreri, Maria Teresa Ramos Ascensão Autor UNIFESP Google Scholar
Hilário, Maria Odete Esteves Autor UNIFESP Google Scholar
Len, Claudio Arnaldo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo In this study, we measured the health-related quality of life (HRQOL) and fatigue of the children of health professionals, aged between two and eleven years, and assessed the daytime and sleep habits of these children and their parents. The study included children from a public school. Data regarding demographics and daily habits were collected. The HRQOL, sleep habits and fatigue were measured using questionnaires. A total of 249 parents participated - 63.5% reported getting an adequate amount of sleep, while 47.4% woke up feeling tired. The children's mean age was 5.6 years - 62.2% watched television in their rooms, 50% used the computer (> 4 hours/day) and 27.8% engaged in extracurricular physical exercise. The sleep score was 45.8 ± 12.2. The HRQOL scores were higher in the physical and lower in the emotional aspects. We found that poorer sleep on the part of both children and parents may be related to the children's lower HRQOL. We conclude that the inadequate habits of parents as well as children, are related to a decrease in HRQOL, particularly regarding the emotional aspect.

Se mensuró la calidad de vida relacionada a la salud (QVRS), fatiga y se evaluaron hábitos diarios y de sueño de hijos de profesionales del área de salud, con entre 2 y 11 años de edad, y sus padres. Recolectados datos demográficos y de hábitos diarios. La QVRS, sueño y fatiga se midieron mediante cuestionarios. Participaron 249 padres, 63,5% refirió sueño adecuado, 47,4% despertaba cansado. Media etaria de niños de 5,6 años; 62,2% veían televisión en su cuarto, 50% utilizaba computador (>4 horas diarias), 27,8% realizaba actividad física extracurricular. Su puntaje de sueño fue 45,8 ± 12,2. Puntajes de QVRS más elevados en aspecto físico y menores en aspecto emocional. El sueño de peor calidad de padres e hijos puede relacionarse con peor QVRS de los hijos. Concluimos en que los hábitos inadecuados de padres e hijos se relacionan con una disminución de la QVRS de los hijos, particularmente en el aspecto emocional.

Neste estudo mensuramos a qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS) e a fadiga de filhos de profissionais da área da saúde, com idades entre 2 e 11 anos, e avaliamos os hábitos diários e o sono dessas crianças e dos respectivos pais. Foram incluídas no estudo crianças de uma escola pública. Dados demográficos e dados de hábitos diários foram colhidos. A QVRS, o sono e a fadiga foram mensurados por questionários. Participaram 249 pais - 63,5% referiram sono adequado e 47,4% acordavam cansados. A média da idade das crianças foi 5,6 anos - 62,2% assistiam televisão no quarto, 50% usavam computador (> 4 horas/dia) e 27,8% faziam atividades físicas extracurriculares. O escore do sono foi de 45,8 ± 12,2. Os escores de QVRS foram mais elevados no aspecto físico e mais baixos no emocional. Detectamos que o sono de pior qualidade dos filhos e dos pais pode estar relacionado à pior QVRS dos filhos. Concluímos que os hábitos inadequados dos pais, bem como das crianças, estão relacionados a uma diminuição da QVRS dos filhos, especialmente no aspecto emocional.
Palavra-chave Child
Health personnel
Sleep
Fatigue
Quality of life
Questionnaires
Criança
Pessoal de saúde
Sono
Fadiga
Qualidade de vida
Questionários
Idioma Português
Data de publicação 2012-12-01
Publicado em GAMALLO, Silvia Maria Moussi et al. Qualidade de vida relacionada à saúde de filhos de profissionais da área de saúde. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2012, vol.46, n.6, pp.1313-1319
ISSN 0080-6234 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Extensão 1313-1319
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000600005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000320138100006
SciELO S0080-62342012000600005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7432

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0080-62342012000600005.pdf
Tamanho: 478.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: S0080-62342012000600005-pt.pdf
Tamanho: 923.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta