Hipocalcemia e síndrome convulsiva em alcoólatras - uma associação freqüentemente não diagnosticada

Hipocalcemia e síndrome convulsiva em alcoólatras - uma associação freqüentemente não diagnosticada

Título alternativo Hypocalcemia and convulsive syndrome in alcoholics: an association frequently not diagnosed
Autor Kayath, M.j. Autor UNIFESP Google Scholar
Argentoni, M. Autor UNIFESP Google Scholar
Vieira, J.g.h. Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Hypocalcemia can be a contributory factor for epilepsy and previous studies showed that ethanol decreases plasma calcium. PURPOSE: To establish the prevalence of hypocalcemia in the general convulsive population and to ascertain if there was a specific group of risk for hypocalcemia. METHODS: A prospective study of plasma ionized calcium measurement in 78 consecutive patients admitted owing to seizures at the Emergency Department of Escola Paulista de Medicina was performed. 22% of these patients were alcoholics. The plasma ionized calcium in 44 ambulatory non-convulsive alcoholics was also measured. RESULTS: A high prevalence of hypocalcemia was found in the alcoholic convulsive population (32%), in contrast with the non-alcoholic convulsive group and the alcoholic non-convulsive group (no calcium disturbance in both groups). The alcoholic convulsive group had values of ionized calcium statistically lower than the non-alcoholic convulsive group using the Mann-Whitney test (p<0.05) [median value= 1.20mmol/L; range= 1.04 - 1.32mmol/L/ median value= 1.24mmol/L; range= 1.16-1.29mmol/L respectively]. The alcoholic non-convulsive group had values of ionized calcium between 1.17 and 1.32mmol/L with median value of 1.26 mmol/L; these values were not different from those obtained with the non-alcoholic convulsive patients, however they were higher than the calcium levels in the alcoholic convulsive group (p<0.05). PTH levels, liver function tests, phosphatemia and amylasemia were normal in all patients. CONCLUSION: This study emphasizes the importance of serum calcium measurement in alcoholic patients presenting seizures and suggests that hypocalcemia correction might be important in these patients.

Hipocalcemia é um fator importante contribuinte para a epilepsia, e estudos anteriores mostraram que o etanol diminui o cálcio plasmático. OBJETIVO: Estabelecer a prevalência de hipocalcemia na população convulsiva em geral e identificar um subgrupo específico de risco para hipocalcemia. MÉTODOS: Realizamos um estudo prospectivo de dosagem de cálcio ionizado plasmático em 78 pacientes consecutivos admitidos no Serviço de Emergência da Escola Paulista de Medicina devido à síndrome convulsiva. Desses pacientes, 22% eram alcoólatras. Foi também dosado o cálcio ionizado plasmático numa população de 44 alcoólatras não-convulsivos em seguimento ambulatorial. RESULTADOS: Uma alta prevalência de hipocalcemia foi encontrada na população alcoólatra convulsiva (32%), em contraste com os convulsivos não-alcoólatras e o grupo alcoólatra não-convulsivo (ambos os grupos sem distúrbio do cálcio). O cálcio ionizado plasmático do grupo de alcoólatras convulsivos teve valores significantemente menores que o grupo de convulsivos não-alcoólatras (p<0,05) [mediana de 1,20; variação entre 1,04 e 1,32mmol/L/; mediana de 1,24; variação entre 1,16 e 1,29mmol/L, respectivamente]. O grupo de alcoólatras não-convulsivos apresentou valores de cálcio ionizado entre 1,17 e 1,32mmol/L, com mediana de 1,26mmol/L. Estes valores não diferiram dos obtidos nos convulsivos não-alcoólatras, mas foram significantemente maiores que os do grupo de alcoólatras convulsivos (p<0,05). Os níveis de paratormônio sérico, função hepática, fosfatemia e amilasemia estavam normais em todos os pacientes estudados. CONCLUSÃO: Este estudo mostra a importância da dosagem de cálcio plasmático em pacientes alcoólatras com síndrome convulsiva e sugere que a correção da hipocalcemia possa ser medida importante a ser adotada nestes casos.
Palavra-chave Hypocalcemia
Alcoholism
Epilepsy
Hipocalcemia
Alcoolismo
Epilepsia
Idioma Português
Data de publicação 1999-03-01
Publicado em Revista da Associação Médica Brasileira. Associação Médica Brasileira, v. 45, n. 1, p. 24-26, 1999.
ISSN 0104-4230 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Médica Brasileira
Extensão 24-26
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42301999000100006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-42301999000100006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/743

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-42301999000100006.pdf
Tamanho: 22.18KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta