Doença inflamatória pélvica aguda: ensaio iconográfico com enfoque em achados de tomografia computadorizada e ressonância magnética

Doença inflamatória pélvica aguda: ensaio iconográfico com enfoque em achados de tomografia computadorizada e ressonância magnética

Título alternativo Acute pelvic inflammatory disease: pictorial essay focused on computed tomography and magnetic resonance imaging findings
Autor Febronio, Eduardo Miguel Autor UNIFESP Google Scholar
Rosas, George de Queiroz Autor UNIFESP Google Scholar
D'Ippolito, Giuseppe Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The present study was aimed at describing key computed tomography and magnetic resonance imaging findings in patients with acute abdominal pain derived from pelvic inflammatory disease. Two radiologists consensually selected and analyzed computed tomography and magnetic resonance imaging studies performed between January 2010 and December 2011 in patients with proven pelvic inflammatory disease leading to presentation of acute abdomen. Main findings included presence of intracavitary fluid collections, anomalous enhancement of the pelvic excavation and densification of adnexal fat planes. Pelvic inflammatory disease is one of the leading causes of abdominal pain in women of childbearing age and it has been increasingly been diagnosed by means of computed tomography and magnetic resonance imaging supplementing the role of ultrasonography. It is crucial that radiologists become familiar with the main sectional imaging findings in the diagnosis of this common cause of acute abdomen.

O objetivo deste trabalho é descrever os principais achados em tomografia computadorizada e ressonância magnética em pacientes com dor abdominal aguda decorrente de doença inflamatória pélvica. Dois radiologistas em consenso selecionaram e analisaram exames de tomografia computadorizada e ressonância magnética, realizados entre janeiro de 2010 e dezembro de 2011, de pacientes com quadro comprovado de doença inflamatória pélvica levando a um quadro de abdome agudo. Os principais achados foram coleções líquidas intracavitárias, realce anômalo na escavação pélvica e densificação dos planos adiposos anexiais. A doença inflamatória pélvica é uma das principais causas de dor abdominal em mulheres em idade reprodutiva e tem sido progressivamente diagnosticada mediante uso da tomografia computadorizada e ressonância magnética, que complementam o papel da ultrassonografia. É crucial que os radiologistas se familiarizem com os principais aspectos diagnósticos em imagem seccional desta causa comum de abdome agudo.
Palavra-chave Acute abdomen
Pelvic inflammatory disease
X-ray computed tomography
Magnetic resonance imaging
Abdome agudo
Doença inflamatória pélvica
Tomografia computadorizada por raios X
Ressonância magnética
Idioma Português
Data de publicação 2012-12-01
Publicado em Radiologia Brasileira. Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, v. 45, n. 6, p. 345-350, 2012.
ISSN 0100-3984 (Sherpa/Romeo)
Publicador Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Extensão 345-350
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-39842012000600011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-39842012000600011 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7420

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-39842012000600011.pdf
Tamanho: 507.4KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta