Conservative treatment in isolated penetrating cervical esophageal injury: case report

Conservative treatment in isolated penetrating cervical esophageal injury: case report

Título alternativo Tratamento conservador de ferimento penetrante isolado do esôfago cervical: relato de caso
Autor Epstein, Marina Gabrielle Google Scholar
Costa, Sara Venoso Google Scholar
Carvalho, Filipe Gusmão Google Scholar
Pasquetti, Aline Fioravanti Google Scholar
Arsie Neto, Herico Google Scholar
Pedroso, Pamella Tung Google Scholar
Simões, Cesar Augusto Google Scholar
Pinus, Jaques Autor UNIFESP Google Scholar
Ribeiro Junior, Marcelo Augusto Fontenelle Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade de Santo Amaro General Surgery Residency Program
Hospital Municipal Dr. Moyses Deutsch Emergency Service
Universidade de Santo Amaro
Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Hospital Municipal Dr. Moyses Deutsch
Hospital Municipal Dr. Moyses Deutsch General Surgery Service
Resumo Non-iatrogenic traumatic cervical esophageal perforations are usually hard to manage in the clinical setting, and often require a careful and individualized approach. The low incidence of this particular problem leads to a restricted clinical experience among most centers and justify the lack of a standardized surgical approach. Conservative treatment of esophageal perforation remains a controversial topic, although early and sporadic reports have registered the efficacy of non-operative care, especially following perforation in patients that do not sustain any other kind of injuries, and who are hemodynamically stable and non-septic. We report a case of a patient sustaining a single cervical gunshot wound compromising the cervical esophagus and who was treated exclusively with cervical drainage, enteral support and antibiotics.

Ferimentos traumáticos do esôfago não iatrogênicos são de difícil manejo clínico e requerem condutas individualizadas e cuidadosas. Frente à baixa incidência dessa afecção, a maioria dos centros não possui experiência suficiente para a definição de uma conduta padronizada para o manejo de tais lesões. O tratamento conservador da perfuração do esôfago permanece um tema controverso, embora relatos mais recentes tenham documentado sua eficácia, especialmente após a perfuração, em pacientes que não apresentam outras lesões associadas, instabilidade hemodinâmica ou sinais de sepse. É apresentado aqui o caso de um paciente com ferimento por projétil no esôfago cervical tratado exclusivamente com manejo conservador, tendo sido realizados drenagem da lesão, suporte nutricional por meio de sonda nasoenteral e antibioticoterapia, com evolução satisfatória.
Palavra-chave Esophageal perforation
Upper gastrointestinal tract
Esophagus
Case reports
Perfuração esofágica
Trato gastrintestinal superior
Esôfago
Relatos de casos
Idioma Inglês
Data de publicação 2012-12-01
Publicado em Einstein (São Paulo). Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, v. 10, n. 4, p. 505-507, 2012.
ISSN 1679-4508 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein
Extensão 505-507
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1679-45082012000400019
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1679-45082012000400019 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7418

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1679-45082012000400019.pdf
Tamanho: 444.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta