Portland cement with additives in the repair of furcation perforations in dogs

Portland cement with additives in the repair of furcation perforations in dogs

Título alternativo Cimento Portland com aditivos na reparação de perfurações radiculares em cães
Autor Silva Neto, José Dias da Autor UNIFESP Google Scholar
Schnaider, Taylor Brandão Google Scholar
Gragnani, Alfredo Autor UNIFESP Google Scholar
Paiva, Anderson Paulo de Google Scholar
Novo, Neil Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Ferreira, Lydia Masako Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição UNIVAS Department of Clinical Medicine
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To evaluate the use of Portland cements with additives as furcation perforation repair materials and assess their biocompatibility. METHODS: The four maxillary and mandibular premolars of ten male mongrel dogs (1-1.5 years old, weighing 10-15 kg) received endodontic treatment (n=80 teeth). The furcations were perforated with a round diamond bur (1016 HL). The perforations involved the dentin, cementum, periodontal ligament, and alveolar bone. A calcium sulfate barrier was placed into the perforated bone to prevent extrusion of obturation material into the periradicular space. The obturation materials MTA (control), white, Type II, and Type V Portland cements were randomly allocated to the teeth. Treated teeth were restored with composite resin. After 120 days, the animals were sacrificed and samples containing the teeth were collected and prepared for histological analysis. RESULTS: There were no significant differences in the amount of newly formed bone between teeth treated with the different obturation materials (p=0.879). CONCLUSION: Biomineralization occurred for all obturation materials tested, suggesting that these materials have similar biocompatibility.

OBJETIVO: Avaliar o uso de cimentos Portland aditivados na reparação de perfurações radiculares e a biocompatibilidade destes materiais. MÉTODOS: Oitenta pré-molares, quatro da arcada dentária superior e quatro da arcada inferior de 10 cães machos, sem raça definida, com idade em torno de um a um ano e meio, pesando entre 10 e 15 kg foram submetidos a tratamento endodôntico, sendo realizadas perfurações nas furcas com broca de diamante 1016 HL. A cavidade envolveu dentina e cemento, como também periodonto e o osso alveolar. Na porção óssea da obturação, barreira de sulfato de cálcio foi utilizada evitando extravasamento do cimento para o espaço periodontal. Foi realizada a distribuição randomizada dos cimentos MTA (controle), Portland tipo II, Portland tipo V e Portland branco estrutural nas obturações. Os dentes foram restaurados com resina composta. Após 120 dias realizou-se eutanásia, retirada dos dentes, preparação e análise histológica. RESULTADOS: Entre os cimentos não houve diferença estatística significante quanto à neoformação óssea (p=0,879). CONCLUSÃO: Ocorreu biomineralização com os diferentes cimentos usados no estudo, sugerindo que estes são similares em termos de biocompatibilidade.
Palavra-chave Biocompatible Materials
Calcium Sulfate
Dental Cements
Furcation Defects
Dogs
Materiais Biocompatíveis
Sulfato de Cálcio
Cimentos Dentários
Defeitos da Furca
Cães
Idioma Inglês
Data de publicação 2012-11-01
Publicado em Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 27, n. 11, p. 809-814, 2012.
ISSN 0102-8650 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Extensão 809-814
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502012001100011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000310536100011
SciELO S0102-86502012001100011 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7385

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-86502012001100011.pdf
Tamanho: 1.359MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta