Concepção de profissionais de saúde sobre o papel das unidades básicas nas redes de atenção do SUS/Brasil

Concepção de profissionais de saúde sobre o papel das unidades básicas nas redes de atenção do SUS/Brasil

Título alternativo The viewpoint of health professionals on the role of basic units in the healthcare network of the Brazilian Unified Health System
Autor Puccini, Paulo de Tarso Google Scholar
Cornetta, Vitória Keddy Google Scholar
Sahyom, Tânia Zogbi Google Scholar
Fuentes, Isabel Cristina Pagliarini Google Scholar
Botta, Luiza Maria Gimenez Google Scholar
Puccini, Rosana Fiorini Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Prefeitura de Embu-Guaçu Secretaria Municipal de Saúde
Prefeitura de Embu das Artes Secretaria Municipal de Saúde
Hospital Municipal Vereador José Storopolli
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo In the process of creation of the Unified Health System (SUS) as a universal policy seeking to ensure comprehensive care, unscheduled assistance in primary healthcare units (UBS) is an unresolved challenge. The scope of this paper is to analyze the viewpoint of health professionals on the role of primary healthcare units in meeting this demand. It is a transversal study of qualitative data obtained through questionnaires and interviews with 106 medical practitioners from 6 emergency medical services and 190 professionals from 30 units. They explained why people seek emergency care for occurrences pertaining to primary care. The content analysis technique with thematic categories was used for data analysis. Lack of resources and problems with primary health unit work processes (50.8%) were the reasons most frequently cited by emergency care physicians to explain this inadequate demand. Only 33.3% of the health unit professionals agreed that these occurrences should be attended in the primary healthcare services. The limited viewpoint of the role of health services on the unscheduled care, particularly among primary care professionals, possibly leads to restrictive practices for access by the population.

No processo de construção do SUS, como política universal e que busca assegurar a integralidade das ações, a assistência à demanda não agendada na atenção básica constitui desafio não superado. Objetivo: analisar a concepção de profissionais de saúde quanto ao papel das unidades básicas de saúde (UBS) na assistência a essa demanda. Método: estudo transversal considerou dados qualitativos obtidos por meio de questionários e entrevistas. Incluídos 106 médicos de 6 PS/AMA e 190 profissionais de 30 UBS. Estes opinaram sobre razões de a população procurar PS/AMA por ocorrências nosológicas próprias da atenção básica. Para análise, utilizou-se a técnica de análise do conteúdo, segundo categorias temáticas. Resultados: insuficiência de recursos e dificuldades no processo de trabalho das UBS (50,8%) foi a explicação mais frequentemente apontada por médicos de PS/AMA para justificar procura inadequada. Apenas 33,3% dos profissionais das UBS opinaram que essas ocorrências deveriam ser atendidas na atenção básica. Conclusões: A concepção limitada sobre o papel das UBS na atenção a essa demanda, sobretudo de profissionais da atenção básica, resulta, possivelmente, em práticas restritivas ao acesso da população.
Assunto Primary healthcare services
Comprehensive healthcare
Access to health services
Serviços básicos de saúde
Assistência integral à saúde
Acesso aos Serviços de Saúde
Idioma Português
Data 2012-11-01
Publicado em Ciência & Saúde Coletiva. ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva, v. 17, n. 11, p. 2941-2952, 2012.
ISSN 1413-8123 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Editor ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Extensão 2941-2952
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232012001100011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000311535300011
SciELO S1413-81232012001100011 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7384

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1413-81232012001100011.pdf
Tamanho: 190.5Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)